• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


A Frontiers nem sempre é sinónimo de AOR, embora esse seja, sem dúvida o campo preferido da editora. No caso dos Blood Red Saints, a balança anda entre o hard rock clássico e o AOR que nos aponta para a década de oitenta, para variar. Este é um projecto recente que junta o vocalista Pete Godfrey e baixista Rob Naylor. Pete Godfrey é um moço novo nestas andanças que se estreou no projecto In Faith, do qual se mostrou insatisfeito por querer estar numa banda a sério. Chamou Rob Naylor dos Angels And Kings para a bateria e Pete Newdeck  (dos Eden’s Curse) e Lee Revill (ex-Gary Hughes) na guitarra.

O resultado? Blood Red Saints.

Poderão pensar que somos um pouco bipolares, porque tão depressa estamos a enaltecer bandas do género como a seguir estamos a deitar abaixo, mas há uma simples explicação para isso. A música tem que transpirar honestidade e um amor genuíno ao género – ainda para mais sendo um género que teve o seu pico de glória na década de oitenta. E aqui temos tudo isso. “Kickin’ Up Dust”, “Dangerous” e “Better Days” fogem à temática do amor que domina o estilo e também este lançamento, como será compreensível, mas a banda mostra ter assunto (e sobretudo talento) para fugir ao banal.

É um álbum agradável para quem aprecia hard rock melódico. Claro que a temática do amor de temas como “Love Set Me Up Again”, “Wrapped Up In These Arms” e “Fels A Lot Like Love” poderá soar demasiado aborrecido para quem gosta de outro tipo de coisas, mas para os outros que gostam de nomes como Def Leppard e Bon Jovi, de certeza que conseguirá apreciar “Speedway”, uma boa estreia discográfica de valor e que tem capacidade para fazer ainda mais e sobretudo melhor num eventual segundo álbum.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira