• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Como o trocadilho no título do álbum, os Glamory tocam hard rock com toques de glam a relembrar a cena de L.A. na década de oitenta. Sem tirar nem pôr. Depois de uma intro épica (pouco usual nestas coisas) na forma da "Into The G", é com "Night Time Mirage" que se materializa a identidade desta banda francesa que tem em "Glam Over" o segundo álbum. Algumas destas músicas, senão quase todas, poderiam ter sido lançadas na década de oitenta que ninguém estranharia. A produção, apesar de moderna e cristalina, também tem um tom vintage apreciável, principalmente no som da guitarra. Não é de estranhar já que a produção foi totalmente analógica.

Apesar da banda ainda estar a dar os primeiros passos e não ter-se internacionalizado propriamente, qualidade não lhes falta como todos aqueles que gostam de revivalismo poderão comprovar. A pender para o lado mais melódico do hard rock, é com temas como "Dancer In Paradise" e "Divine Bullshit" que a banda consegue brilhar em todo o seu esplendor, num registo quase baladesco (mais power-baladesco) que provoca grande emotividade e eficácia. O destaque também vai para a energia de "Hell Yeah!", o primeiro single deste trabalho, onde o feeling rockeiro domina por completo.

Apesar de serem franceses, a banda emula bem o espírito norte-americano da coisa e não soará estranha aos amantes de bandas como Poison, Mötley Crüe, Ratt e Van Halen. Há, no entanto, o potencial também para modernizar o estilo, apresentando aqui e ali algumas melodias pouco usuais (como na "Inside Out", por exemplo) que fazem antever a capacidade da banda em escrever músicas fora daquilo que é convencional no que ao hard rock diz respeito. Um agradável álbum e uma banda à qual deverão ser postos os olhos e acompanhar o seu futuro. Promete ser brilhante.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira