• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Já tinhamos saudades de falar do Canadá. E não, não é nenhuma banda de death metal melódico ou metalcore. O negócio dos Iron Kingdom é mesmo distribuir heavy metal tradicional com uns toques de power metal fundado pelos irmãos Chris e Amanda Osterman. Enquanto o mano se dedica à guitarra e voz, a mana vai para a bateria. A voz do mano é um pouco característica demais. Algo próximo dos exageros power metal que começaram a aparecer ali por alturas do virar do milénio. No entanto não chega a manchar em demasia este que já o terceiro álbum dos Iron Kingdom.

Para já têm do seu lado o facto de iniciarem o álbum com uma faixa instrumental - uma intro sem ser intro - neste caso a "On The Eve Of Battle", que é o momento ideal para iniciar qualquer trabalho. Depois a energia com que atacam cada tema demonstra a paixão genuína que têm pelo mesmo. Há um pouco de ingenuidade à mistura, porque isto do heavy metal tem sempre um lado de criança/adolescente rebelde que se recusa a crescer, e há bastante virtuosismo, principalmente nos duelos e harmonias entre as duas guitarras. Os solos, leads e licks abundam um pouco por todo o lado, sem no entanto deixar de manter a aura de simplicidade da qual o próprio heavy metal nasceu.

Da lado da parte menos positiva temos o facto de não haver propriamente uma música que se destaque. Ouve-se bem, principalmente se se for fã de heavy metal tradicional ou pelo menos das bandas que surgiram nos últimos quinze anos a tocar heavy metal tradicional, e acreditem, existe uma diferença. No entanto, tendo que destacar algum tema, o elemento épico e progressivo de "Lady Trieu And The Kingdom Of Wu", "Night Attack" e "The Veiled Knight" fazem com sejam as três faixas escolhidas. Também é nestes temas que as referências da banda ficam a nu, sendo uma espécie de Iron Maiden, versão norte-americana. Entretem, mas seria aconselhável no futuro encontrar uma identidade própria.


Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira