• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


Macbeth parece ser um nome de uma banda de power metal pomposo e eloquente… ao ouvir a intro “Ultima Ratio Regis”, a coisa até parece apontar nesse sentido, numa pequena peça acústica de extremo bom gosto, mas quando “Das Große Gericht” (nem é preciso dizer qual a nacionalidade da banda com este título) se faz ouvir, nota-se que o que temos em mãos é algo ligeiramente diferente.  Até podemos apontar para o power metal, mas este é um power metal quase à beira do thrash. A energia do dito tema é o suficiente para cativar qualquer fã de heavy metal da velha guarda – e que não se importa de algum poder bruto misturado. Seria engraçado também ver o que tratam as letras, já que a temática de eleição da banda é a história, mas sendo que cantam em alemão, essa questão terá de ficar de parte até que aprendamos todos falar alemão.

O álbum segue todo essa linha, ou seja, não desilude quem ficou logo fisgado à primeira música. Temos leads cativantes, riffs potentes e frenéticos – aquela “Inferno” é mesmo um inferno thrash metal mas no bom sentido – e um sentido de genuíno amor ao heavy metal que faz com que quem ame o estilo não consiga ficar indiferente. É precisamente esta a diferença entre usar os clichés para atingir um qualquer objectivo (para estar na moda) ou usá-los tendo em vista a sua expressão artística. Enquanto houve algo de identidade própria na música, todos os lugares comuns são bem-vindos e é o que acontece aqui definitivamente. É um trabalho que progride sem cansaço embora as faixas bónus (da edição especial) já tornem o trabalho algo maçudo – ficando com pouco mais de sessenta e sete minutos.

Para quem não os conhece, “Imperium” é já o quarto álbum da banda, que apesar dos seus trinta anos de história (intermitente, é certo) não é propriamente profícua mas com trabalhos como este, o fã não se pode queixar. Não sendo um dos nomes propriamente populares do heavy/power/thrash/whatever alemão, este é um álbum que de certeza que fará com que ganhem mais alguns fãs. Épico, potente mas não propriamente tosco, o seu único defeito será talvez o alemão como língua escolhida, mas ainda assim, a música não perde muito por isso. Obrigatório conhecer.


Nota: 8.5/10

Review por Fernando Ferreira