• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


Ora aí está. Nada como death metal bruto e técnico para nos colocar no devido sítio e deixarmos a nossa suposta importância e infalibilidade de lado. Passo a explicar. “The Crushed Harmony” começa com “Atonality”, uma peça de death metal brutal onde claramente (e reforço esta palavra) a origem é norte-americana, fruto de uma banda que só pode ter no seu alinhamento uma série de cromos experientes do género. Qual não é a nossa surpresa quando verificamos de que “The Crushed Harmony” é o terceiro álbum de um projecto suíço levado a cabo apenas por um rapaz muito talentoso de seu nome Vladimir Cochet (que também tem outros dois projectos, sendo eles Mirrorthrone – black/death metal sinfónico – e Unholy Matrimony – black metal) que toca todos os instrumentos excepto pela bateria que é programada por si.

Para já, primeiro ponto perigoso nas one-man-bands (sendo de black metal ou não) em que a bateria é programada: qualidade da mesma. É o suficiente para condenar qualquer tipo de projecto, mesmo aqueles com potenciais imenso, como é o caso. Felizmente aqui a bateria programada não é um empecilho. Encaixa-se perfeitamente nas músicas quer em termos de programação, quer em termos sonoros. E mais, até soa bastante orgânica. Moderna, sim, mas também orgânica. Com um poderio impressionante, cada uma das malhas, verdadeiras malhas, aqui apresentadas é um monumento death metal memorável. Quer dizer, talvez não seja memorável no sentido de ser imediato, porque é necessário algum treino e habituação até que as músicas se instalem.

De qualquer forma, malhões como “Resurrection Of Resentment”, “Meant To Be Wrecked” e “Life In A Blood Spasm” são deliciosamente viciantes, como que pequenos cubos-mágicos que não se consegue largar até  que esteja desvendado. No entanto, ao contrário de muitas propostas do género, não há uma repulsa inicial por ser demasiado complexo ou técnico. Um meio termo adorável e que fará com que este trabalho agrade tanto aos amantes do death metal brutal e técnico assim como aos outros que gostam mais de melodia ou de uma abordagem mais tradicional. Uma excelente surpresa e deixa a curiosidade para os restantes projectos do senhor Vladimir. Quem sabe se não serão mais umas pérolas como “The Crushed Harmony”?


Nota: 8.5/10

Review por Fernando Ferreira