• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Tal como o próprio nome indica, este “Opus IV – Oblivion” é o quarto álbum da banda de doom gótico Weeping Silence. Para quem está admirado por não os conhecer, talvez faça sentido o facto de serem de Malta. Cada vez mais, a boa música, chega-nos dos lugares mais inesperados e o facto dos Weeping Silence chegarem já ao quarto álbum é um excelente indicador disso mesmo. Andando no mundo do doom gótico e sinfónico, “Opus IV – Oblivion” não faz muito para se distanciar de caminhos anteriormente por bandas como After Forever e Epica, embora, verdade seja dita, a costela doom faz toda a diferença aqui, pelo menos o suficiente para que soe fresco. E chamemos-lhe costela porque não é o suficiente para que este seja considerado um trabalho de doom metal.

Categorias e rótulos aparte, o que há a salientar aqui é a qualidade geral deste trabalho que consegue recuperar algum do encanto perdido algures na década de noventa – época em que o estilo estava a desbravar caminhos, dos primeiros trabalhos de bandas como Theatre Of Tragedy, Within Temptation e After Forever. Nomes como os atrás indicados são incontornáveis quando se fala de um certo espírito doom gothic a puxar ao sinfónico com belas vozes femininas, mas não propriamente obrigatórios para que se consiga situar os Weeping Silence. Apesar dos lugares comuns que emprega a sua grande força está mesmo nas músicas em si.

Assim sendo, temas como “Eyes Of The Monolith” e “Stormbringer” conseguem deixar qualquer fã do género apanhadinho sem que para isso recorram à cópia descarada. O equilíbrio entre as duas vozes – o eterno jogo de bela e monstro – também só joga a favor dos temas já que faz com que exista um incremento da dinâmica. Tendo em conta de que se trata de um álbum com quase uma hora, a dinâmica é muito bem vinda porque de outra forma poderia ter-se aqui um trabalho algo maçudo. Não quer isto dizer que seja de fácil assimilação. Apesar da presença de algumas musicas com algum potencial comercial, como a melancólica balada movida a piano “Bury My Fairytale”, o peso e a densidade  inerentes ao estilo está bem presente. Para quem tinha saudades de um bom trabalho de doom/gothic metal sinfónico, tem aqui uma boa oportunidade de matar saudades.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira