• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Segundo álbum dos suecos Dethrone que se apresentam com um thrash/death metal de impor respeito. É certo que não é original (aliás, há uma colagem bem grande aos The Crown, como o primeiro tema “Reborn In Fire”),  mas o mesmo até surge de forma honesta e faz com que quem goste do estilo não demore muito a que fique fã. Temos pujança, melodia tipicamente sueca, um gajo a berrar como se estivesse pronto a tomar o mundo de assalto com um martelo pilão em cada mão, não fica a faltar muito mais para que “Incinerate” rode algumas vezes seguidas no leitor.

E porque é que isto acontece? Porque é que temos bandas que lançam álbuns com músicas que puxam a este ou aquele lado, que não têm o mínimo de originalidade, e um álbum como este consideramos que tem valor para lhe dedicarmos tempo hoje, amanhã e nos próximos tempos? A explicação é mais simples do que possa parecer: as músicas são boas. O factor originalidade e identidade própria são importantes, sem dúvida, mas se tivermos algo original que não conseguimos ouvir, também não adianta muito. Aqui até podemos ter um desequilíbrio, já que isto soa mesmo a The Crown, mas a questão é que as músicas são mesmo muito boas.

Quando a parte do solo de guitarra chega, a coisa ainda fica melhor já que há verdadeiramente um feeling forte de pura diversão que é perceptível do lado de cá das colunas. Será o tipo de som que ao vivo será capaz de colocar uma sala de espectáculos em fogo. Temas como “The Plague Carrier” e “Spiritual Carrier” são autênticas bombas death metal sueco que têm sempre aquele travozinho thrash que faz com que o impacto seja mais alargado. Uma banda nova, é certo, que ainda precisa de amadurecer, sem dúvida, mas que para já deita cá para fora coisas muito interessantes. Vamos ver até onde os leva a estrada da evolução.


Nota: 7.7/10

Review por Fernando Ferreira