• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


A primeira coisa que tem que ser dita, antes de tudo o mais, é que já fazia falta um nome como Gorgásmico Pornoblastoma. O facto de alguém se ter lembrado de um nome destes, só favorece a opinião que se possa ter de “Deliírios De Um Defunto”. E sim, todas estas 24 (!) têm letras em português, embora as mesmas não sejam muito perceptíveis. Tal não é inesperado, já que, caso não tenham reparado pelo nome do grupo, aquilo que tratamos aqui é de death/grindgore com um pouco de mince à mistura (ou seja, aquilo que os Agathocles fazem).

Tendo em conta estas primeiras impressões, o que é que “Delírios De Um Defunto” nos traz de diferente em relação ao vasto e muitíssimo populado mundo do grind/gore? Para já, uma certa variedade surpreendente. Sim, variedade. Não se pense que por variedade estamos a falar de violinos a tocar à velocidade da luz ou de batidas dub por cima de guturais impercetíveis. Teremos também de ser realistas. Pensemos num nome como Agoraphobic Nosebleed mas mais orgânico, mais visceral e então já estaremos bem próximo daquilo que este álbum tem para nos oferecer. “Deliírios De Um Defunto” é o exemplo de como o experimentalismo favorece o resultado final.

As vinte e quatro músicas passam num instante, facto que é ajudado pelos cerca de vinte e três minutos que dura. No fundo trata-se de uma grande faixa dividida em vinte e quatro capítulos, divisões essas que mal se dão pela transição de umas para outras. Esta solução poderá apontar para outros problemas. Se por um lado é complicado memorizar ou fixar vinte e quatro descargas de grindcore, mais difícil será fazer isso quando soa a uma grande faixa que não é uma descarga mas é uma bomba de hidrogénio grindgore. Tivesse um pouco mais de variação, um pouco mais de ganchos e esta proposta seria bem mais bem sucedida do que aquilo que é realmente – e também convenhamos que uma faixa de dois segundos, chamada de “Dor” e constituída apenas por feedback também já é forçar a barra um pouco . Ainda assim, tem argumentos mais que suficientes para cativar todos os grinders que por aí andam. No bom caminho.


Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira