• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)



O metal vindo do leste já não está confinado às editoras underground. Quer dizer, já não está há muito tempo, mas fica bem começar assim com estas afirmações dramáticas. De qualquer forma, os Infernal Tebebra, oriundos da Croácia, também não andam nisto desde ontem. "As Nations Fall" é já o quarto álbum da banda que começou por andar mais pelos campos do black metal. Hoje em dia, esses dias estão mesmo longe porque o que temos aqui é death metal melódico de alta qualidade. Não é caso para nos assustar e de pensar em coisas metalcore. Nada disso, o death metal melódico apesar de ser moderno, tem uma saudável costela tradicional.

É um daqueles álbuns que se aprecia do início ao fim, mesmo que não tenha nada de extraordinariamente novo, mas o forte do álbum é mesmo as músicas que simplesmente desbundam, cada uma à sua maneira mas quase todas tendo em comum o trabalho da guitarra solo. Não é o caso de termos um elemento que carrega a banda ao colo. A bateria é frenética quando deve ser e transmite o groove quando necessário, sempre acompanhada por um baixo omnipresente e uma voz para lá de potente. Para quem estranha uma banda croata chegar à Massacre, não será por acaso, a qualidade é realmente muita.

Quando se pensa que se chegou a um beco criativo dum certo determinado estilo aparecem bandas como os Infernal Tenebra e álbuns como "As Nations Fall" que apesar de ser verdade que não há muito para inventar, basta ter amor à música que se gosta e aquilo que se faz, aliado, claro a talento, para que se tenha o caminho andado para algo digno de nota. "Catharsis", "Suspension Belief" e "The End Justifies The Means" são bons indicativos do poderio desta banda croata. E depois disto fica assim um bichinho que dá vontade de pegar no que está para trás. Isto depois depois de "As Nations Fall" muito rodar no leitor.


Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira