• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Lembram-se daquele anúncio ridículo da Yorn em que um gato gigante começava a atacar toda a gente ao pior estilo Godzilla? Pois bem, a capa deste “From Party To Apocalypse” demonstra exactamente essa realidade (bem) alternativa o que nos faz pensar se as coincidências realmente existem. Num plano de pensamento menos paranóico e com mais substância temos a música que os Churchhouse Creepers nos trazem que é diversão stoner rock do início ao fim. E antes de avançarmos mais, temos que dizer que o título do álbum é genial. Porquê? Porque a primeira música chama-se “Party” e a última “Apocalypse”. Perceberam? É lindo.

Então o que temos aqui é daquele rock puro divertimento que tem muito mais impacto ouvir num qualquer bar pequeno com uns canecos de cerveja em cima, mas que tem a vantagem de que quando é ouvido fora desse contexto, remete-nos imediatamente para o mesmo. O que salta imediatamente à audição, além da voz com reverb tão seventies, é a tonalidade cheia de fuzz das guitarras, ou guitarra já que se trata de um power-trio. E com este ambiente clássico, como é que qualquer apreciador do bom e velho rock não fica imediatamente agarrado?

É impossível. Quando se tem música nova que nos remonta a algo de muito querido, como é que conseguimos ficar indiferentes? Dinâmico, empolgante e viciante são muitos dos bons adjectivos que nos ocorrem a cada audição e como tal não temos muitas dúvidas em dizer que está aqui um senhor álbum de rock, com capacidade de sobreviver à passagem do tempo, mesmo que o resto do mundo ande a dormir, ocupado a ouvir música descartável. Isto soa bem onde quer que seja, quando quer que seja.


Nota: 8.6/10
Review por Fernando Ferreira