• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Segundo álbum dos thrashers tradicionais oriundos do Canadá, o que será dizer que é uma boa altura para tirar do armário os blusões de ganga cheios de patches. O revivalismo de thrash metal trouxe-nos de tudo, desde o thrash metal com mais groove e musculado, até ao thrash maais imbuído do espírito extremo do death ou do black metal mas o nosso favorito é mesmo aquele que tem um saudável espírito heavy metal tradicional, que obrigatoriamente nos transporta para a década de oitenta, mesmo que na altura não fossemos propriamente apreciadores da coisa. Eramos vivos, é o que interessa.

A primeira música, "Space Race" é apresentação ideal e o suficiente para deixar qualquer um da velha guarda apaixonado. Temos riffs valentes mas também com técnica e classe - uma espécie de Iron Maiden do "Number Of The Beast" misturados com os Slayer do "Show No Mercy" e com os Metallica do "Kill'Em All". As comparações são o que são e valem o que valem, mas esta parece-nos bastante apropriada. Pegando um pouco no espírito dos Enforcer, mas dotando-lhe um pouco mais de peso, temos aqui um belo segundo álbum que terá logo automaticamente um efeito: Procurar pelo primeiro "Something Fierce" lançado em 2013.

Solos cheios de feeling, grandes guitarradas em trinta e dois minutos que passam demasiado rápido. Por outro lado, é daqueles sons que não nos impedem que se ouçam duas e três vezes seguidas - coisa que até é difícil de acontecer para estes lados. Isto é fruto também de alguma dinâmica onde temos temas mais rápidos como "Wild Is The Wind" e o tema título ao lado de um "Curse Of The Vermin" que bem poderia estar num disco de uma banda doom ou de heavy metal épico. O espírito do verdadeiro heavy metal está bem vivo para os lados do Canadá e ainda bem que somos sortudos o suficiente para que chegue até nós.


Nota: 9 /10


Review por Fernando Ferreira