• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Numa recente entrevista, Johan Hegg foi questionado sobre a possibilidade dos Amon Amarth garantirem um substituto permanente para o baterista Fredrik Andersson, que deixou a banda no ano passado, sobre o fato do mesmo sentir ou não estranho trabalhar com alguém novo, depois de ter o mesmo alinhamento por tanto tempo, sobre a forma como encontraram um novo baterista para as digressões e o processo de audição, ao qual o vocalista sueco respondeu o seguinte:

"Para o novo álbum dos Amon Amarth, "Jomsviking", contámos com a ajuda de Tobias Gustafsson, que costumava ser o baterista do Vomitory e está agora nos Cut Up para compor e gravar um álbum. Ele é um velho amigo, e nós conhecemo-lo há muito tempo, e ele é uma pessoa muito criativa. Em vez de procurarmos por um membro permanente e, em seguida, a meio do processo de composição, sentirmos que este não é o tipo certo e termos de começar tudo de novo, decidimos trabalhar com o Tobias para que nos pudéssemos concentrar em compor e gravar o álbum, e começar a procurar por um membro permanente depois disso. Portanto, nesta Primavera, temos um tipo que vai trabalhar connosco - nesta Primavera e Verão - e depois disso, vamos avaliar se ele quer ficar connosco e se sentimos que ele é o tipo certo para a banda. Nós só queremos ter tempo para encontrar o tipo certo. A digressão vai ser uma espécie de período experimental. Agora, temos esse tipo a bordo para a digressão nos EUA/Canadá e depois para os festivais de Verão. E depois disso, vamos ver como as coisas correm, como ele gosta de trabalhar connosco e todas essas coisas."

"Honestamente, é fantástico. Eu acho que é muito inspirador trabalhar com alguém novo. Compor com o Tobias foi incrível; foi excelente. Ele é uma óptima pessoa, com uma atitude muito positiva e um grande baterista. Por isso, foi realmente inspirador trabalhar com ele."

"Tivemos muitas pessoas a contactar-nos. E muitos delas são realmente grandes, grandes bateristas. Mas do nosso ponto de vista, estávamos principalmente à procura de alguém que viva na Suécia, porque ainda somos uma banda de ensaios. Não somos o tipo de banda que trabalha em casa e, em seguida, encontra-se somente antes da digressão, ou apenas antes de entrar em estúdio ou algo assim. Nós ensaiamos, por isso é algo que temos de ter... Nós precisamos de estar razoavelmente próximos do tipo que vai trabalhar connosco, de modo que esse foi um factor chave. Mas também o facto de procurarmos por um membro permanente. Eu acho que isso faz com que seja mais fácil, se todos falarem a mesma língua. Hoje em dia, não seria impossível ter alguém que vive noutro país, especialmente hoje, quando tens a Internet e podes enviar arquivos e todas essas coisas. Mas, como disse, nós somos uma banda de ensaios, e isso seria muito complicado."

"Em primeiro lugar, a gerência, os agentes e a editora não têm voto na matéria em relação a quem ficará com o cargo nos Amon Amarth, e eles próprios não o querem ter, por isso nesse caso está tudo bem. Mas mesmo que eles quisessem pôr o dedo, nós cortávamo-lo de imediato. Isso não é da conta deles. Percebes o que estou a dizer? Em segundo lugar, tem tudo que ver para nós com o seguinte: Consegues fazer o trabalho, e és um tipo porreiro? Esse é o principal critério que temos. E é isso que procuramos no processo de audição. Mas isso realmente não interessa. Desde que sejas um bom baterista, possas fazer o trabalho e sejas um tipo porreiro, não há problema."

Por: Bruno Porta Nova - 08 Março 16