• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


É bom ver que apesar da crise discográfica e dos anúncios do fim do mundo da música pelas mãos do anticristo mp3, que ainda existem aqueles que gostam de apostar no underground, com lançamentos limitados em cassete. É o caso deste split entre estas duas entidades, numa edição limitada a cinquenta unidades. O mesmo começa com os Verräter e o seu black metal mais primitivo. A banda norte-americana lançou o primeiro álbum em 2014 e tem-se mostrado activa no underground. O seu som não é deslumbrante, mas em termos de underground, cumpre perfeitamente os requisitos, principalmente para os que gostam da coisa bem crua. A flutuação no volume e na produção é que seria de evitar, mas pronto, é trve.

Quanto aos Sxuperion, são mais experientes e já possuem uma carreira mais sólida, com dois álbuns lançados. A sua prestação divide-se em cinco partes, intituladas "Vibration I", "Vibration II" e por aí fora. O início da já citada "Vibration I" não faz adivinhar a tempestade que aí vem, com um misto de teclados à la John Carpenter, com drone. Quando as guitarras, e principalmente a voz, surgem, all hell breaks loose. Um riff repetido que parece ter saído dos piores pesadelos alguma vez sonhados. Se isto estivesse numa banda sonora de um filme de terror, seria terrivelmente eficaz.

Acaba por ser um pouco a fórmula que temos ao longo de todo o trabalho, no entanto, como resulta, acaba por ser muito positivo. A forma como usam a componente ambiental com a violência do black metal mais minimalista e repetitivo, faz com esta última ainda se intensifique mais, com um ambiente bem denso como resultado. Este split é recomendado para todos aqueles que gostam de fazer parte do underground, participando e apoiando tanto as bandas como as editoras. Aqui, a qualidade fala por si. Recomendado.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira