• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os Obsidian Kingdom foram uma surpresa brutal. Uma banda que surgiu pela sua própria mão e teve um impacto tão grande que praticamente obrigou a que reparessem neles, chamada de atenção que a Season Of Mist foi inteligente o suficiente para não deixar passar ao lado. Sendo assim, o seu segundo trabalho - depois do primeiro ter sido reeditado pela sua nova editora - era muitíssimo aguardado. E eis que aí está ele. A primeira coisa a que temos que dizer é que "A Year With No Summer" é um álbum completamente diferente da direcção que era expectável que a banda tomasse.

Para quem esperava uma mistura entre o extremo e o melódico, ficará talvez desiludido porque aqui a banda surge bem mais progressiva - essa costela não estava propriamente evidente mas estava lá para os ouvidos mais atentos a detectarem. No entanto, e tal como aconteceu no álbum anterior, a banda não tem propriamente uma forma linear de fazer as coisas, isto é, não se consegue dizer exactamente que encaixa neste ou naquele género, no entanto, e ao contrário de "Mantiis", "A Year With No Summer" é um álbum muito mais focado e não tão disperso. Se assim não fosse, não poderíamos ter um tema como "April 10th" que é basicamente uma peça de ambient metal progressivo. O rótulo parece inventado? Talvez, mas encaixa como uma luva aqui.

A banda espanhola continua a deixar-nos de queixo caído principalmente por continuarem a surpreender. Não sabemos se isso é algo que vai continuar a acontecer no futuro, embora exista algo em temas como "Darkness" e "The Kandinsky Group" que quase que nos garante que sim. Só podemos falar, no entanto, daquilo que temos aqui e o que temos aqui é música progressiva, sem grandes pontos (para não dizer nenhuns) em comum com o extremismo evidenciado no álbum anterior, mas com a mesma capacidade inconformada como que tivesse a certeza de que há mais para além daquilo que temos à frente da vista (ou dos ouvidos). E há, a prova está em "A Year With No Summer", este grande álbum.


Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira