• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Entrevista aos Venom Inc

Os Venom Inc nasceram em meados de 2015 como uma nova banda que reúne toda a força e poder dos seus membros: Tony “Demolition Man” Dolan (baixo/voz) com os membros originais de Venom – Jeff “Mantas” Dunn (guitarra) and Anthony “Abaddon” Bray (bateria). A banda tem estado em tournée(...)

Falecimento do antigo baixista de Celtic Frost

O antigo baixista e membro fundador de Celtic Frost e de Hellhamer Martin Eric Ain, faleceu no passado sábado dia 21 de Outubro, aos 50 anos de idade. A causa da morte foi (...)

Novo álbum de Pestilence em Março

Os Pestilence irão lançar o seu novo álbum "Hadeon", em Março, pela Hammerheart Records. Este trabalho terá treze faixas que combinam as raízes de Pestilence, com a sua (...)

Arch Enemy com novo vídeo "The Race"

Os Arch Enemy acabam de lançar mais um vídeo do seu novo álbum, "Will To Power", que foi lançado no dia 8 de setembro através da Century Media.(...)

Angel Dust estão de volta!

A banda alemã informou através da sua página de Facebook que está de volta e já em estúdio a gravar o seu próximo trabalho. Depois de se terem separado em 2011, (...)


Se há um nome do punk/hardcore/crust que mais tenha influenciado inúmeras bandas metal/crossover, esse nome é, sem dúvida, os britânicos Discharge, com um álbum para lá de mítico e histórico: “Hear Nothing See Nothing Say Nothing”. De tal forma histórico que parece que tudo o que fez desde esse ponto acabou por soar inconsequente, não o sendo verdadeiramente. Pelo menos, não por completo. Da instabilidade ninguém os livrou, sendo que esta presente encarnação é o terceiro regresso da banda (que já dura desde 2001) e “End Of Days” é o sétimo álbum que surge precisamente oito anos após o último.

O que temos é o punk/hardcore/Crust bruto da banda ao nível daquilo que o seminal primeiro álbum nos trouxe em 1982, mas não queremos ser blasfemos nem ferir susceptibilidades. Não existem aqui faixas imediatas como a “The Possibility Of Life’s Destruction” mas o espírito hardcore selvagem está lá, ainda que um saudável travo metálico (temos aqui muitos bons solos). Se a banda influenciou nomes tão díspares como Metallica e Hellhammer/Celtic Frost, aqui temos um conjunto de músicas que podem fazer o mesmo neste novo milénio, vivêssemos nós numa época diferente.

E a questão é essa mesmo. Não vivemos numa época diferente e este trabalho, de qualidade superior, pode muito bem passar despercebido na infinidade lançamentos semanais e mensais que temos, ainda que estejam agora na toda poderosa Nuclear Blast. Independentemente dos tempos serem outros, é impossível não se ficar espantando com a energia pura e dura de temas como “Hatebomb”, “Looking At Pictures Of Genocide” e “Hung Drawn And Quartered”. Mesmo que não influenciem toda uma nova geração de música extrema, não deixa de ser um álbum capaz de suportar o teste do tempo.


Nota: 8.5/10

Review por Fernando Ferreira