• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Quinto trabalho dos austríacos Ecliptica que nos surgem entre a sonoridade mais melódica do heavy metal, ali a roçar o hard rock e com umas pitadas de power metal. A banda conta com dois vocalistas, uma feminina (Sandra Urbanek) e um masculino (Thomas Tieber) que ajuda a diversificar o seu som embora por vezes o mesmo pareça diversificado demais. Uma música como "Round'N'Round", por exemplo, que surge como a terceira no alinhamento e que nos parece mais uma versão de uma música qualquer obscura de pop da década de oitenta (e na volta até é. Apenas não temos cultura suficiente para descortinar qual é) e que acaba por ficar a boiar no resto do trabalho.

Não é dizer que não existam temas em que tenhamos refrões bem alegres (que tanto podem estar numa banda de power metal, daquelas bem happy, como poderiam estar numa banda de rock FM da década de oitenta - e é assim que nos apercebemos, quase inadvertidamente, das semelhanças entre os dois estilos) como prova a "Road To Nowhere", mas são os momentos mais rock/metal que nos fazem chamar a atenção. "Welcome To the Show" e "Hate The Pain", as duas primeiras músicas apontam nesse sentido mas depois a coisa parece que vai noutra direcção, o que é uma espécie de desilusão.

Não é que temas como "One For Rock'N'Roll", "Need Your Love" (este com um início gamadíssimo da "Hysteria" dos Def Leppard) e "For Good" não sejam bons temas, apenas não é aquilo que os dois já citados temas indicavam que teríamos. Claro que um tema instrumental como "Persephone" ou a bem (power) metal "Hero Of The Day" se revelem excelentes temas mas no geral o que tem mais peso, ironicamente, são os temas menos pesados. Ainda assim, um bom álbum que agradará aqueles que até dispensam um pouco de peso em favor da melodia. Disso há aqui muito. Como curiosidade fica a (boa) versão da "Sleeping In My Car" dos Roxxete que surge como tema bónus.


Nota: 6.7/10

Review por Fernando Ferreira