• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Já tinha saudadinhas de um metalcorezito, não tinham? Se não tinham, talvez sofram do mesmo mal que nós. Já começa ser lendário a forma como criticamos este estilo de som, mas é esta apetência para desgostarmos todas as formas de impingirem som bonitinho e igual a tantos outros. As bandas, na sua maioria, acabam apenas por ser umas vítimas no meio do jogo, já que a sua grande maioria depois acaba por ganhar maturidade (uma frase bastante lida e ouvida na crítica musical, quando uma banda ao terceiro ou quarto álbum liberta-se das influências que as prendiam a qualquer coisa pré-fabricada e arriscam-se para algo novo, mesmo que não sendo original, novo). Os Ferium dão-nos ideia de que poderão ser uma dessas bandas.

A banda isrealita chega com este "Behind The Black Eyes" ao segundo trabalho e demonstra uma boa evolução em relação à estreia editada dois anos atrás, embora mantenha muitas dos cordões umbilicais que a liga ao género metalcore. Ainda assim, temas instrumentais como "She Feels Like Home", "Seven Years Of Seven Level" e a (bruta) faixa de abertura, "Aftermath" e o tema mais técnico que se lhe segue, "Power Is All That Matters" mostram-nos que talvez exista aqui espaço para algo mais num futuro próximo. Algo a pender mais para o death metal melódico e/ou técnico do que propriamente os tiques repetitivos do metalcore.

Portanto, temos esperança que os Ferium num futuro próximo, talvez no terceiro álbum (o terceiro álbum tanto pode estabelecer a carreira de uma banda, condená-la ou até mesmo redimi-la), se decidam por algo mais original. Original não no sentido que ninguém tenha feito antes mas que seja mais próximo da criatividade - que acreditamos que existe - dos seus músicos e longe dos lugares comuns que conseguimos ouvir em temas como "We Fell Apart, We Fall Together". Agradará aos menos exigentes e aos fãs mais recentes da música extrema. Aos outros todos... é preciso mais.


Nota: 6/10

Review por Fernando Ferreira