• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Terceiro e último álbum das reedições pela Pelagic Records dos álbuns do colectivo israelita experimental conhecido como Tiny Fingers, que corresponde ao quinto trabalho da discografia da banda. Sendo o mais recente, é a representação mais fiel de onde a banda se encontra, criativamente, no actual momento, embora essa presunção valha o que vale, já que  tudo se pode esperar da banda. Ao contrário daquilo que ouvimos no anterior “We Are Being Held By The Dispatcher”, a banda surge novamente focada e com um conceito, mesmo que não se consiga identificar muito bem qual é.

E não interessa.

Existem discos que ficam livres de certas coisas, certos pressupostos e este é um deles. Podemos continuar a encaixá-los no mesmo sítio de antes, do pós-rock, das influências (ou semelhanças) dos Goblin ou Zumbi, mas há por aqui mais, muito mais do que simplesmente a soma das suas influências ou a soma daquilo que já fizeram no passado. Há um sentimento de atmosfera quase palpável, que faz com que este seja um álbum ideal para ouvir em contacto com a natureza – mas se tal não for feito, músicas como “Drops” e “Dispatcher” tratam de criar esse mesmo ambiente à volta do ouvinte.

Dos três trabalhos em questão, este é o que provoca maior vício e o que revela sem dificuldades as capacidades que a banda tem para nos fazer flutuar e navegar na maionese. Combina um pouco a espontaneidade do anterior trabalho com o foco de “Megafauna” para nos trazer um excelente trabalho que tem mais de pós-rock que de rock psicadélico, mas lá está, não interessa a forma, interessa sim o conteúdo. Boa iniciativa de Pelagic de chamar a atenção para esta banda mais uma vez, com estas reedições em vinil.


Nota: 8.5/10

Review por Fernando Ferreira