• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Segundo petardo do grupo norte-americano Like Rats que nos trazem castanhada com fartura do início ao fim. Temos aqui tanto de death metal (principalmente daquele vindo da Suécia nos idos noventas) e grindcore como de hardcore e essa mistura já está mais que provada que é vencedora. Oito temas em pouco mais de hora é soficiente para nos virar do avesso, tal e qual uma máquina de lavar a centrifugar na sua máxima potência. A diferença é que estaa é uma experiência que queremos repetir vezes sem conta e até parece que não dá para enjoar.

Temos da brutalidade incontida de temas como "From Beyond" e "Primordial" que contrastam com outros como "Gates", mais compassados mas igualmente intensos, senão mais ainda. E esta diferença que temos para com a música extrema actualmente onde por vezes tudo nos parece demasiado plástico. Aqui sente-se que a castanhada é orgânica e respira como se um ser vivo se tratasse. Tal como os bons e velhos tempos. É como uma máquina do tempo que aqui temos, uma máquina do tempo com a capacidade de demolir quarteirões e, reforçamos mais uma vez, para tal poder destrutivo, não é preciso blastbeats com fartura. Basta riffs como aqueles contidos em "Immortal Coil".

"II" é assim um excelente segundo trabalho, indicado para quem acha que a música extrema não tem variação e principalmente para aqueles que ficaram presos aos primeiros trabalhos de bandas como Bolt Thrower, Napalm Death e Obituary mas não se trata de uma recriação ou tentativa de recriação desses tempos, não é essa a intenção que fica, e sim, uma homenagem em que as coisas eram mais inocentes (sim, a música extrema também teve muitos momentos de inocência) e sem dúvida que mais verdadeiras. Assim a modos que obrigatório.


Nota: 8.5/10

Review por Fernando Fereira