• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes

Symphony X - Underworld




Riverside - Love Fear And The Time Machine




Amorphis - Under The Red Cloud





Flayed - Monster Man




Ivanhoe - 7 Days




Elferya - Eden's Fall




Spektr - The Art To Disappear




Rab - Rab 2




Exumer - The Raging Tides




Tales Of The Tomb - Volume One Morprhas




Dimino - Old Habits Die Hard




Roxxcalibur - Gems Of The NWOBHM





The Fifth Alliance - Death Poems




Augrimmer - Moth And The Moon




The Great Tyrant - The Trouble With Being Born




Weeping Silence - Opus IV - Oblivion




Watercolour Ghosts - Watercolour Ghosts




Hexx - Under The Spell/ No Escape




Deseized - A Thousand Forms Of Action




Razor Rape - Orgy In Guts




Sadist - Hyaena




Xandria - Fire & Ashes




Alien Syndrome 777 - Outer




Asylum Pyre - Spirited Away




Canyon Of The Skell - Canyon Of The Skull




Chron Goblin - Blackwater




Extreme Cold Winter - Paradise Ends Here

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



















Entrevista aos Wintersun

Os Wintersun estão de volta mas só acede ao novo álbum “The Forest Seasons” quem participar na campanha de crowdfunding que se iniciou no dia 1 de março e que terminará no dia 31 do mesmo mês. (...)

Vallenfyre revelam detalhes do novo álbum

O próximo álbum dos Vallenfyre, intitulado "Fear Those Who Fear Him", será lançado a 2 de Junho pela Century Media Records. O 3º álbum da banda foi gravado (...)

Hail Of Bullets chegam ao fim

A guerra dos Hail Of Bullets chegou ao fim. A banda holandesa colocou um término na sua luta e para a história ficaram álbuns como "...of Frost and War", (...)

Novembers Doom lançam novo vídeo

Os Novembers Doom, banda oriunda de Chicago, acaba de lançar um novo vídeo com a letra. Retirada do seu décimo álbum, “Zephyr”, foi, desta feita, a escolhida.(...)

Testament preparam lançamento de novo álbum e livro

Apesar do seu último álbum "Brotherhood Of The Snake" ter sido lançado há apenas cinco meses, os Testament encontram-se já a trabalhar no seu sucessor. A revelação surgiu numa entrevista(...)


Os Wolves In The Throne Room tornaram-se desde cedo uma das coqueluches do black metal, desde do lançamento do seu álbum de estreia precisamente uma década atrás. A melodia épica aliada à rispidez do género fizeram com que na altura chamasse a atenção. Claro que hoje em dia esta é uma entidade polémica, devido, principalmente, ao último álbum de originais, “Celestite” que data já de 2014, e que marcou o início de uma nova fase, que renega, quase por completo, o black metal. Dez anos depois e quando muitos já se esqueceram do potencial negro deste projecto, impõe-se uma revisita a este “Diadem Of 12 Stars”.

Se formos a analisar a coisa de forma fria, não podemos dizer que tenhamos aqui algo de extraordinariamente original. As bases são aquelas comuns de black metal épico, com a parte melódica em equilíbrio suficiente para que não retire em nada de peso ao resto da música, algo que não fica alheio a produção totalmente apropriada. Não é, no entanto, um álbum fácil de interiorizar, em parte pelo simples facto de termos quatro temas que totalizam todos juntos, uma hora de música. Curiosamente, é precisamente esse facto um daqueles que nos faz gostar tanto desta estreia.

Poderemos acusar este “Diadem Of 12 Stars” de ser ingénuo e de pouco original, mas o que é que isso interessa quando o género em questão é o black metal (convenhamos que a originalidade no que diz respeito ao black metal pode ser classificada de duas formas: as ideias que surgiram no início da década de noventa ou as ideias que levam que tenha que se criar todo um novo sub-género, porque chamar de black metal pode ser demasiado ofensivo para os mais sensíveis) e quando as músicas trazem-nos ambientes que nos hipnotizam, tal como uma serpente hipnotiza a sua presa. Efectivamente, é o que temos aqui, tudo o resto, todos os restantes argumentos perdem a razão de ser.

Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira