• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os Wolves In The Throne Room tornaram-se desde cedo uma das coqueluches do black metal, desde do lançamento do seu álbum de estreia precisamente uma década atrás. A melodia épica aliada à rispidez do género fizeram com que na altura chamasse a atenção. Claro que hoje em dia esta é uma entidade polémica, devido, principalmente, ao último álbum de originais, “Celestite” que data já de 2014, e que marcou o início de uma nova fase, que renega, quase por completo, o black metal. Dez anos depois e quando muitos já se esqueceram do potencial negro deste projecto, impõe-se uma revisita a este “Diadem Of 12 Stars”.

Se formos a analisar a coisa de forma fria, não podemos dizer que tenhamos aqui algo de extraordinariamente original. As bases são aquelas comuns de black metal épico, com a parte melódica em equilíbrio suficiente para que não retire em nada de peso ao resto da música, algo que não fica alheio a produção totalmente apropriada. Não é, no entanto, um álbum fácil de interiorizar, em parte pelo simples facto de termos quatro temas que totalizam todos juntos, uma hora de música. Curiosamente, é precisamente esse facto um daqueles que nos faz gostar tanto desta estreia.

Poderemos acusar este “Diadem Of 12 Stars” de ser ingénuo e de pouco original, mas o que é que isso interessa quando o género em questão é o black metal (convenhamos que a originalidade no que diz respeito ao black metal pode ser classificada de duas formas: as ideias que surgiram no início da década de noventa ou as ideias que levam que tenha que se criar todo um novo sub-género, porque chamar de black metal pode ser demasiado ofensivo para os mais sensíveis) e quando as músicas trazem-nos ambientes que nos hipnotizam, tal como uma serpente hipnotiza a sua presa. Efectivamente, é o que temos aqui, tudo o resto, todos os restantes argumentos perdem a razão de ser.

Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira