• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Se conseguirem ler e perceber tanto o nome da banda como o nome do trabalho, o terceiro álbum da banda russa, este missiva provavelmente poderá insultar-vos. Não queremos de modo nenhum soar intolerantes com qualquer nação, mas… o facto é que é-nos difícil analisar este trabalho. E nem é tanto pelo facto de ser cantado em russo – afinal já analisámos (e gostámos e gostamos) muitas propostas que não são nem em português nem inglês. Até achamos bem que se use e tenha orgulho na sua língua nativa, algo que se calhar deveríamos ter mais do que temos. O problema não é uma questão de nacionalismo. O problema é mesmo a questão prática que levanta.

O que é que nos adianta dizer que a primeira música (“Клубничный калибр”) deste trabalho é uma proposta banal que junta metal com mais groove (não querendo de chamar nem de thrash metal nem de groove metal) e que nos soa completamente derivativa quando a única forma de identificar a mesma é através de um copy paste já que não conseguimos identificar sequer os caracteres que contem? É logo à partida uma barreira entre a música e o ouvinte. Mas vamos lá ver bem as coisas… se fosse música extraordinariamente cativante, até podiam escrever as letras em marciano, que a malta apreciava – veja-se o exemplo mais recente caso, o último álbum dos Rorcal que tem os títulos em grego arcaico.

E esse é problema com este trabalho, "Входящие" (abençoado copy/paste). Não tem músicas que se tornem suficientemente interessantes para que se supere a barreira provocada pela linguagem. E também é um bocado difícil de levar a sério quando temos músicas como a “Кожа поехала в сторону спального микрорайона” (abençoado copy/paste)  que nos parece uma espécie de polka funkosa vinda dos infernos mas em mau. As duas músicas que acabam o álbum são instrumentais e acabam por ser as mais interessantes principalmente a ”Исконно вбивающий ужъ” (abençoado copy/paste).

A linguagem é apenas uma desculpa para dizer que este trabalho é fraquinho, fraquinho…


Nota: 3/10

Review por Fernando Ferreira