• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os Deadlock são uma daquelas bandas capazes de provocar as mais efusivas reacções positivas como os ódios profundos. Para os que gostam de coisas mais tradicionais, poderá ser sem dúvida o seu maior pesadelo. Quer dizer, não, é exagero, embora acreditemos piamente que existam fãs de música pesada que se sintam ofendidos com este tipo de proposta. A banda já tem quase vinte anos e sinceramente não sabemos se o som apresentado aqui em "Hybris", o seu sétimo álbum, é algo que já surge desde o início da sua carreira, mas como o que interesse é o agora, vamos lá mergulhar no momento presente.

Primeira impressão. Esta coisa do death metal moderno (ou modernaço) em conjugação com melodias quase pop e com uma voz feminina tão doce que de certeza que aumenta os diabetes nos corpos dos ouvintes e até dos seus familiares mais próximos não é nova e até tem tendência para irritar os que detestam esta mania de tornar a música descartável com elementos pop mas o que é certo é que a coisa funciona. Talvez não funcione em todos os momentos mas na maior parte das vezes, como no tema-título, até que o saldo é positivo.

E isso é graças à nova vocalista Margie Gerlitz que vem substituir Sabine Weniger, que tem uma voz que poderia estar bem melhor num qualquer lixo pop descartável mas que é muito melhor aproveitada neste contexto, o que faz com que o conceito "bela e monstro" dos tempos de Theatre Of Tragedy e Lacuna Coil seja elevado a novos patamares de excelência. Esta é a parte boa. A parte má é que, apesar dos momentos bem conseguidos, há muito daqui a soar a plástico. Ainda assim, o resultado é positivo. Uma coisa tem que ser dita, ficamos com vontade o que ficou para trás e, tendo um momento de déjà vú, vamos chegar à conclusão de que antigamente é que era.

Típico.


Nota: 6.9/10

Review por Fernando Ferreira