• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


Para descrever por palavras este trabalho dos Terra Tenebrosa, deveria ser alguém como Edgar Alan Poe ou Alfred Hitchcock, eles sim fariam jus às paisagens negras e obscuras que são aqui descritas por uma sonoridade que só pode vir dos cantos mais tenebrosos da mente humana. Farei o meu melhor para mergulhar bem dentro do abismo negro e descrever o que ouço neste álbum. 

Os Terra Tenebrosa são um grupo de Avantgarde Metal proveniente de Estocolmo, na onda de Deathspell Omega e Blut Aus Nord. Formados em 2009 dos restos de uma banda chamada "Breach", este é o seu terceiro álbum de originais. Os elementos sonoros encontrados aqui neste "The Reverses" são mesmo muito diversos, desde  ambientes em jeito de banda sonora de filme de terror psicológico até ao black metal industrial.

O álbum começa com "Makoria", um entrelaçado de várias vozes possessas proferindo palavras imperceptíveis que soam a discurso demoníaco. Dá-nos logo à partida o estado de espírito com que iremos prosseguir. E é com "Ghost at the end of the rope" que prosseguimos, um tema directo ao assunto, ritmado e pesado. O mais curioso é ouvir alguns efeitos na voz que a faz parecer com afiar de lâminas que vocalizam as letras da música na batida certa. Excelente início de álbum. Em seguida temos "The end is mine to ride", aqui continuamos com ritmo mid tempo  cadenciado por uma muralha de som que as guitarras nos deixam viciados pelo tom das mesmas e pela voz áspera, meio sussurrada deste demónio multifacetado de vocalista. Destaque para o trabalho de guitarras que esculpem grande parte do ambiente com harmonias dissonantes.

Em temas como "Where the shadows have teeth" a influência industrial é notória mas sempre no lado obscuro da vida, acabando com sons de um instrumento de cordas desafinado esquizofrénico. "Exuvia" brinda os nossos delírios psicóticos, por esta altura já bem estabelecidos, com uma melodia macabra conjunta com vozes que chegam em alguns momentos a parecerem-se com o rosnar de cães de grande porte. Este tema termina com o cantarolar alegre e distante que evoluí subtilmente para uma cantoria desafinada e obscura, uma mudança estranha de ambiente que mais facilmente vemos a acontecer em muitos dos nossos sonhos mais esquisitos.

A excursão pelo negrume deste trabalho termina com "Fire Dances". Com uma voz que deambula entre os graves e os agudos, temos aqui um andamento cavalgante da secção rítmica conjugado com o respectivo ambiente negro criado pelas guitarras. Ainda ouvimos também vozes do além que surgem momentaneamente para partilhar a sua agonia. Todas estas sonoridades resultam num conjunto intrincado de música que parece levar-nos a uma visita guiada ao inferno. A música termina num riff de guitarra repetitivo, com vozes indefinidas de fundo e uma percussão vigorosa, em tom de chegada ao fim desta viagem pelas diversas paisagens decadentes e obscuras.

Existe música de altíssima qualidade nos dias que correm, tal como o ouro, diamantes, e outras pedras preciosas que se encontram nas entranhas da Terra, estas obras de arte estão também no underground!

Nota: 9.5/10

Review por Filipe Gomes