• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Vindo de Lisboa chega-nos o EP "Still Breathing" dos Synthetic Rainfall. Uma "one man band" de Nuno Filipe que conta com a participação de artistas internacionais, tais como o vocalista Chris Clancy dos Britânicos Mutiny Within e Wearing Scars, e também do guitarrista Grego, Kimon Zeliotis dos Psycrence e Escalation que fica a cargo da maioria dos solos deste EP, com a excepção do tema "Numbers" onde o mesmo é executado pelo próprio Nuno Filipe. Sendo um projecto tipicamente Metalcore reconhecem-se facilmente alguns traços de Heavy Metal, bem como influências de bandas como Killswitch Engage, As I lay Dying e All That Remains.

O tema de abertura do EP intitula-se "Numbers". Uma faixa que recorre a várias harmonias de guitarra e a texturas mais ambientais com um solo bastante melódico e bem executado. O tema que se segue é "Self Destructive Process". Tema este que é caracterizado por ser bem directo e com algumas boas malhas a sugerir "Head Banging". Ainda neste registo temos o terceiro tema "Missing LInk", que apesar de algumas mudanças de andamento acaba por soar bastante consistente e com alguns pormenores bastante criativos que sabem sempre bem ouvir. "Tides of War" é quarto tema deste EP e começa de uma forma brilhante. Uma grande malha de guitarra, executada no ponto demonstra claramente a capacidade técnica e criativa de Nuno Filipe. É aquele tipo de riff que apetece ouvir mais e mais. O refrão não desilude e mais uma vez a criatividade e a capacidade técnica aliam-se para criar uma boa música do principio ao fim. É claramente o meu tema favorito do EP. A finalizar este trabalho,  A New Beginning, a quinta e última faixa deste EP. Um tema mais calmo e melódico, bem estruturado e mais uma vez bem recheado de pormenores. O mais longo tema deste EP, e que quanto a mim só peca pela forma mais abrupta com que é finalizado. Aqui um pequeno erro de produção que pode ser facilmente corrigido.

Still Breathing é no geral um bom trabalho, com vocais muito bem conseguidos e bem executados, e que pecam apenas por alguma repetitividade, especialmente na parte dos refrões. A excepção será talvez "A New Beginning", onde a parte vocal opta por outra abordagem, que claramente a beneficia mais no contexto das anteriores. Os solos de Kim Zeliotis são uma grande adição a este projecto. Demonstram técnica, melodia, boa execução e estão bem inseridos no contexto do projecto. Nota extra para Nuno Filipe que consegue aqui compor um trabalho nota técnica elevada, muito bem executado e bem pensado na sua estrutura geral.

A nível de produção é um trabalho coeso e bem conseguido no seu todo, no entanto as baterias parecem algo escondidas e com pouco impacto. Apesar de terem sido programadas beneficiariam de ter um pouco mais de pancada, presença e os pratos mais audíveis. As guitarras soam ligeiramente altas, um pouco processadas e algo "digitais" mas no computo geral soam bem e acabam por não comprometer o trabalho. As vozes estão bem produzidas, apesar de por vezes as "guturais" se esconderem um pouco comparado com as limpas, especialmente nas vozes dobradas dos refrões. Um pouco mais de consistência a nível de volumes teria beneficiado mais a linha vocal. Alguns teclados parecem não estar bem inseridos e coerentes com os restantes elementos. Tudo isto são pequenos pormenores, mas que não comprometem aquilo que no geral é um bom trabalho.

Altamente aconselhável aos fãs do género e não só, devido as várias influências presentes. Fico com grandes expectativas para ouvir um próximo trabalho, esperando uma produção um pouco melhorada.

Nota: 8/10

Review por Carlos Barbosa