• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Há bandas que realmente levam uma pessoa a questionar-se como é que não conseguem ter a relevância que lhes é merecida, mesmo dentro deste espectro sonoro. Sim, a resposta todos conhecemos: “ai e tal, as editoras e os meios de comunicação devem ser um meio muito fechado sobre si mesmo e por aí…” mas quando se leva com a qualidade de uma banda como Persefone, é inevitável uma pessoa não pensar porque é que ainda não atingiram uma certa visibilidade, mesmo vindo de um país que não tem muito a ver com Metal como é o caso da Andorra.

Mas coloquemos de lado estas interrogações filosóficas e foquemo-nos no que realmente importa aqui e que faz o coração bombear o sangue com ainda mais vigor: a música. 

Já foi dado a entender que é boa e sim, os Persefone têm virtuosismo às pazadas e tal já não é novidade, visto que desde o início da sua carreira que a banda de Andorra tem demonstrado o seu potencial, tendo o mesmo maturado em discos como “Shin-Ken” e o anterior “Spiritual Migration” e, na verdade, este novo “Aathma” não vai apresentar nenhuma faceta que já não se conhecesse dos andorrenses, aliás, o cânone é o que tem sido escutado desde 2006, em “Core”: um equilíbrio muito bem conseguido entre melodias vibrantes com o músculo e a intensidade de um death metal melódico, inundado nas paisagens sonoras surrealistas dos teclados e liderado por um tornado incessante de riffs. 

A sonoridade dos Persefone está neste registo calibrada para uma abordagem mais directa e agressiva, havendo até uma predominância muito maior da voz berrada sobre a cantada, aproximando “Aathma” de “Shin-ken” e não tanto do seu antecessor. Pode-se assegurar qualidade em todos os temas, no entanto deixa-se o destaque para o quarteto de faixas com o mesmo título do disco quase no final da obra que demonstra exactamente duas das principais qualidades dos Persefone e deste álbum: coesão e brilhantismo.

Os Persefone têm a sua identidade bem definida e quando conseguem moldar a sua sonoridade da forma como têm feito, oferecendo-nos discos soberbos e entusiasmantes, mostram-se autênticos mestres na sua arte.

Nota: 8.9/10

Review por Tiago Neves