• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


Há bandas que realmente levam uma pessoa a questionar-se como é que não conseguem ter a relevância que lhes é merecida, mesmo dentro deste espectro sonoro. Sim, a resposta todos conhecemos: “ai e tal, as editoras e os meios de comunicação devem ser um meio muito fechado sobre si mesmo e por aí…” mas quando se leva com a qualidade de uma banda como Persefone, é inevitável uma pessoa não pensar porque é que ainda não atingiram uma certa visibilidade, mesmo vindo de um país que não tem muito a ver com Metal como é o caso da Andorra.

Mas coloquemos de lado estas interrogações filosóficas e foquemo-nos no que realmente importa aqui e que faz o coração bombear o sangue com ainda mais vigor: a música. 

Já foi dado a entender que é boa e sim, os Persefone têm virtuosismo às pazadas e tal já não é novidade, visto que desde o início da sua carreira que a banda de Andorra tem demonstrado o seu potencial, tendo o mesmo maturado em discos como “Shin-Ken” e o anterior “Spiritual Migration” e, na verdade, este novo “Aathma” não vai apresentar nenhuma faceta que já não se conhecesse dos andorrenses, aliás, o cânone é o que tem sido escutado desde 2006, em “Core”: um equilíbrio muito bem conseguido entre melodias vibrantes com o músculo e a intensidade de um death metal melódico, inundado nas paisagens sonoras surrealistas dos teclados e liderado por um tornado incessante de riffs. 

A sonoridade dos Persefone está neste registo calibrada para uma abordagem mais directa e agressiva, havendo até uma predominância muito maior da voz berrada sobre a cantada, aproximando “Aathma” de “Shin-ken” e não tanto do seu antecessor. Pode-se assegurar qualidade em todos os temas, no entanto deixa-se o destaque para o quarteto de faixas com o mesmo título do disco quase no final da obra que demonstra exactamente duas das principais qualidades dos Persefone e deste álbum: coesão e brilhantismo.

Os Persefone têm a sua identidade bem definida e quando conseguem moldar a sua sonoridade da forma como têm feito, oferecendo-nos discos soberbos e entusiasmantes, mostram-se autênticos mestres na sua arte.

Nota: 8.9/10

Review por Tiago Neves