• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Há bandas que realmente levam uma pessoa a questionar-se como é que não conseguem ter a relevância que lhes é merecida, mesmo dentro deste espectro sonoro. Sim, a resposta todos conhecemos: “ai e tal, as editoras e os meios de comunicação devem ser um meio muito fechado sobre si mesmo e por aí…” mas quando se leva com a qualidade de uma banda como Persefone, é inevitável uma pessoa não pensar porque é que ainda não atingiram uma certa visibilidade, mesmo vindo de um país que não tem muito a ver com Metal como é o caso da Andorra.

Mas coloquemos de lado estas interrogações filosóficas e foquemo-nos no que realmente importa aqui e que faz o coração bombear o sangue com ainda mais vigor: a música. 

Já foi dado a entender que é boa e sim, os Persefone têm virtuosismo às pazadas e tal já não é novidade, visto que desde o início da sua carreira que a banda de Andorra tem demonstrado o seu potencial, tendo o mesmo maturado em discos como “Shin-Ken” e o anterior “Spiritual Migration” e, na verdade, este novo “Aathma” não vai apresentar nenhuma faceta que já não se conhecesse dos andorrenses, aliás, o cânone é o que tem sido escutado desde 2006, em “Core”: um equilíbrio muito bem conseguido entre melodias vibrantes com o músculo e a intensidade de um death metal melódico, inundado nas paisagens sonoras surrealistas dos teclados e liderado por um tornado incessante de riffs. 

A sonoridade dos Persefone está neste registo calibrada para uma abordagem mais directa e agressiva, havendo até uma predominância muito maior da voz berrada sobre a cantada, aproximando “Aathma” de “Shin-ken” e não tanto do seu antecessor. Pode-se assegurar qualidade em todos os temas, no entanto deixa-se o destaque para o quarteto de faixas com o mesmo título do disco quase no final da obra que demonstra exactamente duas das principais qualidades dos Persefone e deste álbum: coesão e brilhantismo.

Os Persefone têm a sua identidade bem definida e quando conseguem moldar a sua sonoridade da forma como têm feito, oferecendo-nos discos soberbos e entusiasmantes, mostram-se autênticos mestres na sua arte.

Nota: 8.9/10

Review por Tiago Neves