• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Reviews Mais Recentes

Uada - Cult of the Dying Sun


Occultum - In Nomine Rex Inferni


Monolithe - Nebula Septem


Morag Tong - Last Knell of Om


Haunted - Dayburner


Djevel - Blant Svarte Graner


Raw Decimating Brutality - Era Matarruana


Czort - Czarna Ewangelia


Kinetik - Critical Fallout


Dopethrone - Transcanadian Anger


Abhor - Occulta ReligiO


Refuge - Solitary Men


Sevendust - All I See Is War


Black Fast - Spectre of Ruin


Sleep - The Sciences


Tomb Mold - Manor of Infinite Forms


Taphos - Come Ethereal Somberness


Wrath Sins - The Awakening


Judas Priest - Firepower


Bleeding Through - Love Will Kill All


Ihsahn - Àmr


Alkaloid - Liquid Anatomy


Filii Nigrantium Infernalium - "Fellatrix


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Alcest revelam detalhes sobre novo álbum

Depois de um longo e intenso período de trabalho no Drudenhaus Studio, os Alcest anunciaram o término das gravações do seu sexto registo. (...)

Korn lançam novo álbum em setembro e divulgam novo single

Os Korn preparam-se para lançar o seu novo álbum, "The Nothing", no dia 13 de setembro, através da Roadrunner/Elektra

Killswitch Engage lançam novo single

Os Killswitch Engage continuam a antecipar o seu novo álbum. Para o efeito, a banda divulgou agora o primeiro single do mesmo, "Unleashed", que pode ser ouvido (...)

Testament - Novo álbum será lançado no princípio do próximo ano

O vocalista Chuck Billy e o guitarrista Eric Peterson revelaram há dias, no festival francês Hellfest, que gravaram todas as faixas para o próximo álbum (...)

Possessed, Burn Damage @ RCA Club, Lisboa – 18Jun2019

Quando eu era um jovem apreciador de metal, nos finais da década de 80, Portugal era um deserto no que toca a concertos de sons mais pesados, e quando havia algum, por exemplo no mítico Pavilhão do Dramático de Cascais, (...)


Dias depois de terem sido detidos por suspeitas de terem raptado uma mulher, os membros dos polacos Decapitated têm agora pela frente acusações bem mais graves. De acordo com documentos obtidos pelo "The Spokesman-Review", a banda vai ser agora acusada de violação em grupo da mulher que alegadamente teriam raptado.

À luz destes últimos eventos, a banda que tinha sido anunciada para ser cabeça-de-cartaz do festival "Moita Metal Fest" viu este seu espectáculo ser cancelado. A organização remete o anúncio dos substitutos para breve.

Voltamos então à detenção e possível acusação dos Decapitated. Por esta altura, o que está a circular - tudo alegadamente - é que a banda terá violado uma de duas mulheres que esteve com eles no seu autocarro de digressão, depois de ambas terem assistido ao concerto dos polacos em Spokane, EUA, no dia 31 de Agosto.

De acordo com estes documentos, a banda convidou as duas mulheres para "beberem uns copos com eles", depois de ambas terem estado a tirar fotografias com outra das bandas que tinha actuado nesta noite, que foi quando foram abordadas pelos polacos.

Até aqui tudo bem, mas o pior foi quando, alegadamente, o baterista Michal Lysejko "tentou agarrar os seios de uma das mulheres", o que fez com que o ambiente no autocarro tivesse mudado. "Os membros dos Decapitated começaram depois a falar em polaco entre si e estariam a olhar para as mulheres como se de presas se tratassem", leu-se.

Depois, as mulheres perceberam que se queriam ir embora mas antes, uma delas foi à casa-de-banho, para onde foi seguida pelo vocalista, Rafal Piotrowski, que terá "começado a beijá-la e a tentar desapertar-lhe o cinto depois desta ter acabado", enquanto os outros insistiam para que ficassem.

Foi quando esta o rejeitou, que terá forçado a sua estadia no autocarro, virou-a ao contrário e, segundo os documentos, a mulher conseguiu "ver através do espelho que estava por cima do lavatório os membros da banda a violarem-na à vez".

Já quanto à outra mulher, esta disse que viu a outra a ser violada e que o vocalista lhe disse para lhe fazer sexo oral, que ela rejeitou e então foi empurrada, caindo no chão e deixando-a algo combalida. A mulher que estava a ser alegadamente violada, disse nestes documentos "estava a dar murros na parede para se tentar distrair do que se estava a passar com ela".

Depois de tudo acabar, o guitarrista, Waclaw Kieltyka, ajudou-a a vestir-se e guiou-a para fora do autocarro na companhia de outro homem.

A polícia detectou vestígios de "agressões consistentes com o facto de ter sido mantida no local contra a sua vontade". Nas entrevistas que deram à polícia de Los Angeles, o guitarrista terá dito que viu o vocalista e o baixista "envolvidos em actos sexuais" e que o vocalista terá dito que "houve uma festa no autocarro e confirmou que as mulheres estiverem presentes".

Rafal Piotrowski terá recusado dar uma amostra do seu ADN à polícia, enquanto os outros membros facultaram essa mesma amostra.

A banda polaca já está a ser representada por um advogado que garante "que os Decapitated vão lutar até ao fim para contrapor as acusações das quais estão a ser alvo" e "está confiante que a outra versão da história será levada em conta".


Por: Carlos Ribeiro - 13 Setembro 17