• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


A poucos dias da celebração da Revolução dos Cravos, a sala do RCA em Lisboa recebeu a segunda data da mini-tour em terras lusitanas dos australianos Deez Nuts. Os rumores de um grande concerto na véspera, na sala portuense do Hard Club, eram tema de conversa à porta, onde se formava uma fila generosa a poucos minutos da hora marcada para início do concerto.

Para abrilhantar o regresso da banda de JJ Peters à capital, a HellXis escolheu os Reality Slap e Grankapo para fazerem o aquecimento, e passava pouco da hora marcada quando o quinteto lisboeta pisou o palco do RCA. “Quem já nos conhece dê dois passinhos à frente; quem não nos conhece dê dois passinhos à frente”, foi o mote rapidamente dado à plateia, segundos antes de detonarem com “Beyond” logo seguido de “Blaze”, a incendiar imediatamente a sala. Em pouco mais de trinta minutos houve tempo para apelar à presença de público nos concertos mais underground, não apenas das bandas ditas grandes, para enaltecer a cena hardcore nacional, e tocar, claro! Tocar a maioria das faixas de “Limitless”, o disco de 2017, como o tema título “Limitless”, “Haymaker” ou o excelente “Lone Wolf”.

Poucos minutos de intervalo e aparecem os também lisboetas Grankapo, veteranos da cena hardcore nacional, com as suas faixas diretas e magistralmente tocadas por um colectivo que não brinca em serviço. “4 Walls” arrancou a locomotiva, que não parou mais de ganhar velocidade, sempre com o público presente a acompanhar a banda em faixas como “Man Killing Man”, “Never Forget”, “Won’t Fall Down” ou o enceramento com o clássico “Confessions”. Fuk, sempre interventivo com a plateia, confidenciava: “Ontem, no Porto foi bom; Aqui (em Lisboa), eu disse aos Deez Nuts que ia ser melhor.”

Dificil saber onde terá sido o melhor concerto dos três que os australianos deram em Portugal, mas Lisboa recebeu os Deez Nuts como filhos que andam a trabalhar lá fora e regressam agora a casa. “Binge and Purgatory” abre o concerto, como que a mostrar que o objectivo da banda é mostrar o novo material aos portugueses. E isso seria visível ao longo dos 90 minutos de concerto, com JJ Peters a perguntar se preferiam faixas antigas ou novas, escolhendo sempre apresentar temas novos ao contrário do que o público presente vociferava. “Commas and Zeros”, “Discord” e “Carried by Six” ficam como destaque de um novo disco que mostra uns Deez Nuts fiéis ao seu rap/punk/hardcore, com momentos mais intensos a roçar o metalcore. Alguém se importou? Claro que não. Os clássicos estavam todos lá, de “Stay true” a “Band of Brothers”, de “Tonight We’re Going To Party” a “I Hustle Everyday”, sempre acompanhados por um crowd surfing omnipresente e uma plateia suada e rendida à energia vinda do palco. E satisfeita com o que assistiu, algo que JJ foi tentando perceber ao longo da prestação: “I’m gonna interrupt the concert a few times to make sure you’re having fun, because if you’re not, we have to do something different.” Não foi preciso...

Reportagem por Vasco Rodrigues
Agradecimentos: Hellxis