• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


No press release vem a indicação de que os Laburinthos movem-se nos meandros do dark/neo folk, talvez devido à voz de Tony Flandorfer, no entanto tudo o resto aponta para a sonoridade gótica - temos o piano, temos a voz de  Nelly Tirnovan. Para completar o ramo, ainda temos um inspirado trabalho de guitarra - basta ouvir o solo da primeira música "The Great Brothel Of Mankind" - que dá um certo sabor progressivo a tudo o resto.

Portanto, três coisas diferentes, todas colocadas no mesmo saco e que no final, até nem soa muito mal. Alguns pormenores custam a anterior, sendo um deles, o espírito mortiço do lançamento no geral, que deve agradar aos apreciadores de rock gótico mas que aos amantes de sonoridades mais pesadas, deverá passar completamente ao lado como um filme do Manuel de Oliveira deverá passar ao lado dos apreciadores de Twilight - isto sem qualquer julgamentos, gostos são gostos. O outro pormenor é mesmo a voz de Tony que com o seu timbre invulgar, não facilita a audição.

As duas faixas que iniciam este "Augoeides" acabam por o condenar à partida (pela sua duração), no entanto, os que forem resistentes, pacientes e conseguirem ouvir até ao final, até poderão encontrar motivos para cá voltar e para esperar por um próximo trabalho. Trabalho de guitarra solo exemplar - de topo mesmo, melodias e estruturas das músicas bem conseguidas que de certeza que agradarão os apreciadores de rock gótico, não tendo argumentos, todavia, para conquistar todos os restantes.
 
Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira