• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Reviews Mais Recentes

Uada - Cult of the Dying Sun


Occultum - In Nomine Rex Inferni


Monolithe - Nebula Septem


Morag Tong - Last Knell of Om


Haunted - Dayburner


Djevel - Blant Svarte Graner


Raw Decimating Brutality - Era Matarruana


Czort - Czarna Ewangelia


Kinetik - Critical Fallout


Dopethrone - Transcanadian Anger


Abhor - Occulta ReligiO


Refuge - Solitary Men


Sevendust - All I See Is War


Black Fast - Spectre of Ruin


Sleep - The Sciences


Tomb Mold - Manor of Infinite Forms


Taphos - Come Ethereal Somberness


Wrath Sins - The Awakening


Judas Priest - Firepower


Bleeding Through - Love Will Kill All


Ihsahn - Àmr


Alkaloid - Liquid Anatomy


Filii Nigrantium Infernalium - "Fellatrix


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































The Sword vão entrar num hiato

Corte quase fatal no futuro dos The Sword, uma vez que a banda texana anunciou há dias que fará uma pausa, embora tenha lançado ainda em março (...)

Hate Eternal lançam áudio de "Nothingness of Being"

A banda de death metal irá lançar o novo álbum, Upon Desolate Sands, a 26 de outubro através da Season Of Mist. Depois de desvendar (...)

Alterações no alinhamento do Festival Bardoada e Ajcoi

O Festival Bardoada e Ajcoi anunciou a substituição de duas das bandas previamente confirmadas. (...)

Marky Ramone em Portugal no próximo mês

O veterano Marky Ramone tem dois espectáculos marcados para o nosso país, que serão nada mais, nada menos, do que o warm up para o Lisbon Tattoo Rock Fest 2018. (...)

Behemoth lançam nova música "Wolves Ov Siberia"

"Wolves Ov Siberia", o novo vídeo de Behemoth, pode ser visto acima. A música faz parte do próximo álbum da banda, "I Loved You At Your Darkest", (...)


Na passada noite de sábado, dia 7 de Dezembro, a República da Música abriu mais uma vez as portas às bandas nacionais. Três eram os nomes que preenchiam um cartaz de diferentes estilos dentro do metal: os Grog, os Insaniae e os Gwydion.


Os Grog foram os primeiros músicos a entrar em palco e não foram de todo uma má escolha, concordaram muitas das pessoas que lá se encontravam e que não perderam pitada da sonoridade potente destes destruidores de palco. Os dados estavam lançados: era altura de se iniciar o habitual ritual, o mosh. E este era bem notório logo na primeira fila. Os Grog foram em palco aquilo que a sua sonoridade requer. De salientar também a performance vocal de Pedro Pedra neste tipo de registo. “Sado Masoquist Butchery”, “Alive&Bootled”, “Vaginal Teengrind Fluids Make Us Groove”, “Rotten Grave”, “Fellowship Of The Shaved Balls” “ e “Eskeletos de Cona” foram alguns dos temas que os Grog trouxeram à República da Música e o público ali presente não ficou indiferente aos mesmos.



Depois dos Grog, era altura dos Insaniae trazerem a sua sonoridade mais Doom. A belíssima voz de Isabel Cristina, juntamente com os growls de Diogo Messias e o arrastar de cada melodia não se tornaram monótonos aos conhecedores mais assíduos da banda. De lamentar apenas a ausência de merchandise da banda no local, o que certamente terá desagradado aos respectivos apreciadores do estilo dos músicos. “A maior dádiva é não te tocar“, “Absolvição”, “Insecto Vermelho” e “Approches-toi” fizeram-se ouvir e sentir naquele ambiente com que os Insaniae presentearam a audiência.




Mas a noite de concertos ainda não estava terminada. Marchando até ao palco, quais guerreiros da noite, os Gwydion celebraram o seu mais recente álbum da melhor forma possível, tocando o mesmo quase na íntegra, sendo que de “Veteran” apenas a faixa “Lured To Comfort” não foi trazida a palco. “From Hel To Asgard”, “Mead Of Poetry”, “Triskelion Horde Is Nigh” e “Six Trials To Become a Beerzerker” igualmente se enquadraram na noite, bem como o tema “Turning Of The Wheel”. A energia destes vikings portugueses foi contagiante e o público brindou-os de forma leal até ao fim do seu concerto. Os Gwydion consagraram-se, assim, vitoriosos daquela batalha musical.


E assim se deu por encerrada mais uma noite musical de um quase Inverno, mas felizmente as bandas encarregues de proporcionar boa música souberam como aquecer o público, que os acompanhou com o seu headbanging de aprovação e louvor. Caso para dizer: o que é nacional, também é bom.


Texto por Daniela Freitas
Fotografias por Paulo Tavares
Agradecimentos: Gwydion