• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Podem vir da França, mas se há coisa que se nota depressa na sonoridade dos Abyssal Ascendant é a inspiração americana da mesma, mais concretamente o que se fazia de death metal na zona da Florida durante os anos 90. Quem está a ler deve ter ficado imediatamente com a sensação de que esta é mais uma banda de death metal old school e até há aqui muita coisa que faz lembrar uns Morbid Angel ou uns Immolation da época, mas, muito felizmente, a música destes franceses não é tão linear como a de muitas bandas jovens como eles que tocam este subgénero, ao invés disso traz em si aquela centelha do querer inovar e levar a sua música mais além e isso é bastante notório neste primeiro álbum, o que dá sempre uma boa impressão.

Conceptualmente centrado nas monstruosidades cósmicas das obras de Howard Lovecraft, a atmosfera sombria e mística já é por si um requisito obrigatório para muitas das bandas que querem compor música sobre Cthulhu e Cia., pelo que aqui a mesma está bem executada e sempre presente, não sendo necessários teclados ou elementos exteriores ao death metal rijo e voraz dos 10 temas aqui gravados, sendo uns absolutamente destruidores e velozes como “The Gift Of Shub-Niggurath” ou “Interdimensional Predation II” e outros dão mais espaço para a imprevisibilidade e para todas as metamorfoses musicais que acabam por acontecer, ai sim adicionando elementos exteriores às guitarras, baixo e bateria, como coros ou fugazes momentos sinfónicos inseridos no meio da agressividade bélica um pouco como os Vader gostam de fazer uma ou duas vezes por álbum e aqui podemos dar destaque a “The Black Pharaoh” um tema com muitos ecos de Nile, outra das influências dos Abyssal Ascendant.

“Chronicles Of The Doomed Worlds (…)” mostra uma banda a misturar as suas muitas influências e a criar o seu próprio som e nisso há muito mérito a ser atribuído. Não é nenhuma obra prima mas é um bom e saciante disco de death metal a ser descoberto.

Nota: 8.4/10 

Review por Tiago Neves