• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)



Oriundos da Noruega, os Deseized regressam com a sua abordagem muito própria do seu hardcore progressivo devidamente metalizado (ou então do seu metal progressivo devidamente hardcorizado, é à escolha do freguês). Mas o que significam estes rótulos propriamente? Vivemos numa era em que muita gente sente que já tudo foi inventado e que a falta de criatividade depois resulta em coisas como o descrito atrás. Não é dizer que esta descrição não possa até fazer sentido. Faz. Em parte. A questão é que o que temos aqui, neste EP, são assomos de djent (exacto, aquele estilo de música que se atribui aos Meshuggah e que os próprios detestam) com algumas melodias cativantes. Nada mais que isso.

São cinco músicas com ritmos fortes, vozes gritadas, muita melodia nos refrões e ocasionais momentos violentos. Não se pode dizer que seja um mau trabalho. Entre os trabalhos do género, não é certamente do pior que já ouvimos. Não consegue, no entanto, destacar-se no meio da múltidão. Acaba por ser uma boa banda para ouvir num qualquer festival de Verão, enquanto estamos à espera de algo melhor. Para ouvir fora desse contexto já parece algo difícil de visualizar. Para os apreciadores das sonoridades em questão (hardcore adjentado), está aqui um trabalho engraçado que tem o seu ponto alto com a última música "Patterns Within Patterns", um malhão de todo o tamanho que vale a este EP 1 ponto.


Nota: 6/10

Review por Fernando Ferreira