• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os Dzöker são uma jovem banda que nos chega de Espanha, mais concretamente de Santander e tem aqui, com "Nazca" um grandioso álbum de estreia. O género é stoner rock, bem energético e raçudo que parece que nos é entregue directamente do Texas. A grande força da banda é sem dúvida o seu som de guitarra que é demolidor, embora a parte rítmica também não se fique atrás, com uma bateria bem possante e um baixo omnipresente e cheio de groove. As duas primeiras faixas põem a nu a vertente mais directa da banda embora seja com "Think" a terceira faixa, que se nota bem a vontade da banda de ir mais além.

E como é que se vai mais além quando o negócio é stoner? Injectar um pouco mais de complexidade e variedade na sua música. Se pegarmos em temas como "Think", "Ligh In Darkness", "Acid Rain", "Black Poison" e "Blood", todos com mais de sete minutos e que compõem exactamente o meio deste trabalho, temos um forte feeling jam em que a música flui de forma naturalmente e os músicos apenas se esqueceram de olhar para o relógio. Ou seja, a complexidade deste trabalho é absolutamente simples, é apenas deixar ir e deixar a inspiração fluir. É o que se sente pelo menos.

No entanto, é nesta altura, nesta secção mais densa do trabalho que surge a maior dificuldade do trabalho. Chega-se à conclusão de que é um pouco longo demais. Se tivesse menos duas faixas, talvez fosse um pouco mais efectivo. Também à questão da produção que vai soando ao longo do trabalho cada vez mais comprimida - não se trata de desequilíbrios da produção ao longo do trabalho. Apenas se trata de um detalhe que vai ficando cada vez mais evidente. De qualquer forma e para álbum de estreia, está aqui uma grande banda a acompanhar. Para quem quiser, o download está disponível gratuitamente na página do bandcamp da banda. Recomendadíssimo.


Nota: 8.1/10

Review por Fernando Ferreira