• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Gutalax parece um nome de medicamento inventado que o Herman José criaria no seu mítico sketch de bloopers das suas anedotas. Tendo em conta o nome do álbum, "Shit Happens!", podemos prever que não se trata de um sketch humorístico certamente, mas sim uma banda de grindgore (ou goregrind). Os preconceitos são o que são, mas por vezes acertam em cheio. Neste caso, nem seria preciso o título que é tão previsível que até já cheira a ranço. Com músicas chamadas "Fart Fart Away", "Cock Corn", "Shit Demon", "Hot Dick", "Rectal Oraculum" e "Brothers In Ass", sem falar na capa de horrível gosto, a coisa também se torna demasiado fácil.

Títulos de álbuns e de músicas são perdoáveis se a música faz a diferença. A questão é que o que aqui temos não faz a diferença nenhuma. Apesar de em termos sonoros, até se consiga fugir um pouco ao som de plástico que é comum encontrar, o problema são mesmo os pig squeals que se tornam enjoativos após cinco segundos. Com este tipo de vocalizações por cima, qualquer tipo de música se torna cansativa. Isto partindo do príncipio de que a músíca em si é dinâmica. Que não é. Um pouco melhor que a voz, mas mesmo assim, igual a todas as outras do mesmo género.

A Républica Checa tem um forte historial no underground do death metal e do goregrind, o que faz com esta proposta não acrescente em nada a tudo aquilo que o país já nos ofereceu. Nem o seu país, nem qualquer outro. Básico, genérico e cansativo. E até irritante - a sério, alguém pode dizer que este tipo de grunhir é uma sátira que alguém levou a sério mas que não tem propriamente o potencial para ser utilizado em profusão? É que as letras idiotas sobre genitália e escatalogia ainda se conseguem suportar, agora isto é intragável.


Nota: 2/10

Review por Fernando Ferreira