• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Para quem não possa perceber o que representa o termo Chve, aqui fica a informação. São as iniciais de Colin H. Van Eeckhout, o vocalista dos Amenra. Para quem julga que esse facto é decisivo para se ter aqui pós-metal misturado com hardcore e outras coisas parecidas, está completamente enganado. O que temos aqui é uma faixa de meia hora, chamada "Rasa" é que uma pela ambiental de qualidade assombrosa. Começa com um pad de teclados que mais parece um drone mas que depois vai tendo algumas variações. No entanto, é quando surge a voz de Colin (que nos parece como algo saído da boca de Lisa Gerard, com as devidas distâncias entre os dois) que a coisa começa a ter um verdadeiro impacto.

No entanto, não é esta a fórmula dos trinta minutos. Na verdade, podemos dividir este épico em três partes, uma divisão muito, muito ténue, já que a base, o tal pad, continua sempre presente. Temos a percussão que surge por volta dos treze, catorze minutos, umas batidas simples mas que ajudam a dar um ar mais ritualista e até cinematográfico à coisa e depois temos a batida, já mais pausada e com um certo groove chillout que acompaanha até quase ao final. Não será o trabalho ideal para os fãs de Amenra mas para aqueles que gostam de música ambient, está aqui um dos trabalhos do ano - sim, é assim tão bom. Um trabalho surpreendente e essencial!


Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira