• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Entrevista aos Venom Inc

Os Venom Inc nasceram em meados de 2015 como uma nova banda que reúne toda a força e poder dos seus membros: Tony “Demolition Man” Dolan (baixo/voz) com os membros originais de Venom – Jeff “Mantas” Dunn (guitarra) and Anthony “Abaddon” Bray (bateria). A banda tem estado em tournée(...)

Falecimento do antigo baixista de Celtic Frost

O antigo baixista e membro fundador de Celtic Frost e de Hellhamer Martin Eric Ain, faleceu no passado sábado dia 21 de Outubro, aos 50 anos de idade. A causa da morte foi (...)

Novo álbum de Pestilence em Março

Os Pestilence irão lançar o seu novo álbum "Hadeon", em Março, pela Hammerheart Records. Este trabalho terá treze faixas que combinam as raízes de Pestilence, com a sua (...)

Arch Enemy com novo vídeo "The Race"

Os Arch Enemy acabam de lançar mais um vídeo do seu novo álbum, "Will To Power", que foi lançado no dia 8 de setembro através da Century Media.(...)

Angel Dust estão de volta!

A banda alemã informou através da sua página de Facebook que está de volta e já em estúdio a gravar o seu próximo trabalho. Depois de se terem separado em 2011, (...)


A capa deste trabalho é das coisas mais tenebrosas que já vimos nos últimos anos o que não nos deixa com muito ânimo para a música propriamente dita. O que é pena, porque comparativamente com a capa, a música é uma obra-prima – sem ter necessariamente as qualidades que justifiquem para tal classificação. Este trabalho insere-se na vertente de groove metal, ou por outras palavras, aquele heavy metal raçudo e modernaço que não tem capacidade (ou mais vontade?!para nos dar solos de guitarra e concentram todos os seus esforços nas melodias vocais e nos riffs de guitarra. Neste caso propriamente dito, o resultado não é muito entusiasmante.

Mais do que não ser entusiasmante, é aborrecido. Não apresenta nada digno de nota durante os quarenta e cinco minutos que dura e arrasta-se até ao final sem ter grandes rasgos (ou um que seja) de genialidade. A fusão do rock moderno e musculado com aquele rock sulista que tanto gostamos teria tudo para dar bom resultado mas a verdade é que estas expectativas saem furadas. Nem é questão de dizer que falta isto ou falta aquilo, porque o que falta mesmo são músicas de qualidade superior.

Não é também um daqueles casos em que conforme se vai ouvindo, o trabalho vai crescendo no interior do ouvinte. Na verdade, até o que acontece mesmo é exactamente o contrário. Para tocar como música de fundo enquanto se está a fazer alguma coisa qualquer, embora tal custe a dizer porque realmente é notório o empenho da banda, mas os resultados, esses, ficaram bem aquém desse esforço. Talvez da próxima vez.


Nota: 4.5/10

Review por Fernando Ferreira