• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Na passada noite de 3 de Dezembro a cidade do Porto recebeu a beleza musical sombria dos finlandeses Swallow The Sun, que vieram acompanhados pelos seus compatriotas Wolfheart e os italianos Adimiron,  para uma noite intensa e carregada de emoções e boa música.


A abertura da noite ficou a cargo dos italianos Adimiron, um grupo de progressive death metal já com uma extensa carreira, mas ainda bastante desconhecida do público português. Sempre bastante energéticos do início ao fim, embora tenham actuado para uma sala muito despida de gente, não se deixaram desanimar e deram uma prestação bastante interessante. A setlist, focou-se maioritariamente no seu mais recente álbum de originais, “Timelapse”, lançado o ano passado.


Em seguida foi a vez dos Wolfheart subirem ao palco para a sua estreia em território nacional. Este projecto com uma sonoridade mais virada para Melodic Death Metal, tem a assinatura do já conhecido músico finlandês Tuomas Saukkonen, o que lhes dá um outro estatuto, apesar da sua ainda curta carreira. Para quem não conhecia a banda, o concerto destes foi uma agradável surpresa. Teve bastante aderência e muito headbang do início ao fim. Houve alguns problemas de som, o que se fez reflectir no humor do mentor do grupo, mas nada que interferisse com a performance destes em si, o que salienta a postura profissonal em palco. A setlist alternou entre os dois álbuns de estudio da banda, “Winterborn” e “Shadow World”, sendo que este último foi lançado no presente ano.  


Debaixo de uma cortina de fumo e luzes ténues, os primeiros acordes da música “The Womb Of Winter” soaram como chamamento para a entrada dos Swallow The Sun em palco. O regresso da banda ao nosso país, em formato de data dupla, após 5 anos era um momento aguardado por muitos, e estes não nos desfraudaram. Com um ambiente a rigor, melancólico, sombrio e intimista, a banda apresentou o seu novo lançamento triplo, “Songs From The North I, II & III”, que saiu no mês passado. A energia que emanava do palco era hipnotizante, e apesar de serem de poucas palavras, deixaram a sua música falar mais alto e foi intenso, embora o som não tenha ajudado muito em alguns momentos. Estes brindaram-nos com músicas como “10 Silver Bullets”, “Rooms and Shadows”, “Lost and Catatonic”, sem nunca esquecer algumas pérolas musicais mais antigas como “Cathedral Walls” ou “Don’t Fall Asleep (Horror pt. 2)”. Houve ainda tempo para um encore, que pecou ligeiramente pelo momento acústico, protagonizada pelas músicas “The Heart Of Cold White Land” e “Pray For Winds To Come”, que veio quebrar um pouco o ambiente sentido até aí. O final veio em forma de apoteose, com a já icónica música “Swallow (Horror pt. 1)”. Uma excelente hora e meia de música que passou demasiado rápido, e foi muito mais do que se contava. Esperemos que o regresso venha mais rápido.


Texto por Rita Limede
Fotografias por Emanuel Ferreira
Agradecimentos: Ritos Noturnos