• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Até aposto que já se tinham esquecido dos Walls Of Jericho. A banda norte-americana teve tanto tempo ausente que quase tem que começar tudo de novo. Quase. Ao ouvir a "Illusion Of Safety" que surge depois de uma dispensável intro, vemos que todo o poder hardcore da banda continua bem intacto, com palavras de ordem a serem berradas quer pela vocalista Candace Kucsulain (sim, esta voz que deita abaixo prédios vem da garganta de uma mulher, o sexo forte) quer pela gangue que se junta em redor do microfone ocasionalmente. Uma música curta que serve para mostrar que a banda ainda tem genica para dar e vender, mas é com o tema título que as coisas começam a ficar mesmo interessantes.

A partir daquela faixa poderosa entra-se no ritmo da coisa, com momentos mais compassados mas sempre cheios de groove (como o tema "Forever Militant"), revelando aquilo que sempre foi óbvio e que oito anos de ausência poderiam fazer esquecer - que esta banda tem um poder desgraçado - assim como outros potencialmente mais melódicos, não estivesse a amiga Candace zangada com o mundo e a berrar como um vulcão (como a "Fight The Good Fight"), outros mais assumidamente brutos como "Relentless" (mãezinha do céu...) ou ainda outros que misturam um pouco de tudo como a "Cutbird" que a certa altura começa a distribuir porrada por todo o lado - este momento ao vivo deve ser coisa para haver mortos e feridos.

É preciso, no entanto, salientar que continua a ser um álbum de hardcore. Embora sejam considerados como metalcore, talvez até pelos próprios, pelo poderio metálico que as suas músicas têm, a base é completamente hardcore, o espírito é hardcore, até as jardas que levamos na cabeça em faixas como a já citada "Relentless" deixam gravada a marca do anel do hardcore. E isso não é mau, para quem gosta do género, está aqui um senhor álbum, ideal para ouvir e andar à porrada porque é música especificamente feita para libertar stress. Excelente regresso.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira