• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Quatro anos é muito tempo para se estar sem um álbum dos In Mourning. "Monolith", o segundo álbum da banda, fez com que a mesma chamasse a atenção de todos os que tinham ouvidos para a música pesada, na sua mistura muito própria entre uma certa sensibilidade progressiva com o death/doom. Passados dois anos, tivemos um álbum de qualidade também ele ímpar, "The Weight Of The Oceans", mas depois disso gerou-se um silêncio que felizmente agora é finalmente quebrado com "Afterglow". E mesmo que não nos tenhamos apercebido, o raio dos suecos faziam-nos mesmo falta.

Talvez nem nos apercebamos com o monumento que é "Fire And Ocean", a faixa de abertura deste trabalho (porque o pior cego é aquele que não quer ouvir), mas perante um épico como "The Grinning Mist" não há volta a dar, tudo o que sai daqueles lados é puro auditivo. Não podemos dizer que exista uma grande diferença entre o que banda fez no passado e aquilo que apresenta aqui a não ser uma maturidade acrescida e uma efectividade ainda mais certeira. Num mundo onde os Opeth deixaram-se de guturais e de brutalidade, é bom termos algo onde se possa juntar a finesse de um metal mais melódico e progressivo com a brutalidade do death/doom, embora a banda já tinha a sua personalidade e identidade bem definida. Já o tinham antes e aqui apenas reforçam.

São sete temas de qualidade inegável e citar qualquer um deles em detrimento de outros, é de uma injustiça tremenda. Numa era em que a música é descartável, e temos a febre dos mp3 com os miúdos de hoje em dia a desconhecerem o que significa ouvir um álbum do início ao fim, é bom ter um álbum teimoso como este e que obriga o ouvinte a isso mesmo. A ouvi-lo do início ao fim. A colocar uma pausa no tempo e a desfrutar uma obra de arte, sonora neste caso. Bem vindos de volta, agora vão mas é lá para estúdio porque isto de esperar quatro anos por bombas destas não faz bem nenhum à saúde.


Nota: 9.3/10


Review por Fernando Ferreira