• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Não, os Virvel Av Morkerhatet não são noruegueses, apesar do nome. São ucranianos e este é o seu segundo álbum. Embora o primeiro preconceito (a nacionalidade) nos tenha levado ao engano, o segundo (de dizer que se trata de uma proposta de black metal) não, embora o black metal aqui não seja puro. Dissonante, desconfortável, frio e odioso mas também levemente industrial, pelo menos em alguns pormenores que são por demais evidentes como na "Theory Of Distress View". Não será uma ligação demasiado problemática já que estes são dois mundos que se fundem bastante bem.

Para quem julgue que se trata de um novo nome poderá ficar surpreendido ao saber que este é o seu segundo trabalho. Poderá alegar no entanto uma boa desculpa, o primeiro trabalho foi lançado seis anos atrás, uma ausência longa (demais?) mas no final o que interessa mesmo é a música, por isso vamos focar-nos dela. Para já, aquilo que esta ausência trouxe de novo à banda é mesmo esta opção pela mudança de sonoridade. Mudança se calhar é muito forte, se calhar o termo correcto será refinar. E resultou. Não podemos dizer que o trabalho tenha ficado original mas que pelo menos ganhou muitos pontos na intensidade, lá isso ganhou.

O ambiente geral do trabalho é possível que se torne algo cansativo, com a sonoridade das guitarras a soarem monocórdicas mas provavelmente seria esse o objectivo. Uma experiência sonora que provavelmente não será para ter todos os dias, com temas como "Weapon To Be Found Only In The Mind Of Man" e "Stupefying Taste Of Henbane. Coma Ritual" a terem uma intensidade (e intensidade não é sinónimo de blastbeats e gritos e seja o que for. Nas vezes em que é mais bem sucedida é através do ambiente criado. Um trabalho surpreendente, que requer habituação, paciência, mas que depois dará as devidas recompensas.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira