• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


E que tal um pouco de pop só para chatear o pessoal? Os CousCous têm aqui em Tales o seu segundo trabalho e brindam-nos com catorze temas que se ouvem com uma felicidade impressionante. Sim, podem ler novamente. Metal Imperium, pessoal dado à metalada rude e melódica, progressiva ou directa, ficou fascinada com um álbum pop. No entanto, em nossa defesa, não se trata do pop rançoso que ouvimos por aí a meter nojo nas rádios. Não, este pop rançoso remonta à década de oitenta, em parte. Noutras ocasiões, remonta a banda-sonoras de filmes românticos.

Seja como for... resulta.

Qual é a cena da música pop? Música fácel de assimilar, fácil de espalhar, daí o popular. Que é o contrário da música de elites, tal como o jazz, a música clássica e em parte o metal nas suas vertentes mais extremas e/ou experimentais. Qual é a cena contra a música pop? Normalmente representa ter música descartável, com ganchos para captar a atenção de amebas desprovidas de cérebro, e onde o talento resume-se a uma boa voz que, ocasionalmente, tem o apoio de trabalho alquimico de estúdio para ficar bonitinho e plástico.

"Tales" é o oposto de tudo isso. Temos uma voz feminina muito bonita, temos músicas que mesmo sem peso, conseguem cativar-nos e consegue fazer-nos pensar que daqui a dois anos iriamos pegar nas mesmas (Numa "The Wrong Side Of Life" ou numa "Tidal Wave") e que iríamos apreciá-las da mesma forma e não nos sentiriamos envergonhados por termos sido apanhados num momento de ameba desprovida de cérebro - somos todos humanos, todos temos momentos desses, uns mais conscientes que outros. É um álbum que vai irritar aos apreciadores de metal, vai irritar até aos apreciadores de música gótica... mas, e agora dirigido aos rapazes, se têm uma namorada que não suporta a vossa música, ofereçam-lhe este CD que de certeza que vão ficar bem vistos.


Nota: 7.5/10

Review por Fernando Ferreira