• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


O press release diz que os Pierce The Veil fazem hard rock, mas não é preciso muito de "Dive In" para se chegar à conclusão que se isto é hard rock, os Guns'N'Roses tocam hardcore. No entanto, não interessa, são apenas rótulos, correcto? Mesmo que seja um rótulo errado, o que interessa é mesmo a qualidade. Se pegarmos no referido tema que abre este "Misadventures" temos um caldeirão de coisas diferentes que juntos até que resulta mais ou menos bem. Desde um feeling emo, principalmente pela voz de Vic Fuentes (que também dá um jeito nos teclados e nas teclas), passando pelo metalcore, punk rock ou punk pop, como preferirem.

Não parece grande coisa, não é? Mas soa melhor ao que parece. "Misadventures" é o quarto álbum da banda e surge após um muito bem sucedido "Collide With The Sky" soando bastante dinâmico e diversificado, e até surpreendentemente pesado - "Texas Forever" é frenética como se fosse 30 Seconds On Mars ou Muse on drugs - mas sempre com aquele toque melódico que fará revirar os olhos os que detestam este tipo de coisas. Quer se queira ou não, é o tipo de música que mais chega à juventude hoje em dia - daquela juventude que ainda não tem barba, quer do sexo masculino ou feminino - e convenhamos, é melhor isto que Rihannas e outras coisas abjectas sem talento.

Existem momentos interessantes mas dificilmente existem músicas que não tenha algo que nos desagrade, embora existam músicas que tenham só coisas que nos desagradam, como o extremamente pop rançoso "Floral & Fading", que nos faz pensar em tudo aquilo que detestamos na música mainstream de hoje em dia. É um equilíbrio delicado por isso a forma como fazemos isto é a seguinte: Jovem, tens 13 anos e não sabes bem o que é isto da música pesada? Podes começar por aqui, mas não abuses se não corres o risco de ser mais um número a favor da teoria de que a juventude está perdida. Caso tenhas mais 14 anos, ganho juízo e vai lá ouvir música decente, que esta coisa da música descartável faz mal à saúde. À tua e daqueles que te rodeiam.


Nota: 6/10

Review por Fernando Ferreira