• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Nunca é tarde. É aquilo que os Wicked Maraya (a propósito, que raio de nome é este? Alguma indirecta à Mariah Carey?) nos provam com este segundo trabalho de originais, editado vinte e dois anos depois da estreia "Cycles" - pelo meio fica o período em que mudaram o nome para simplesmente Maraya e lançaram dois álbuns mais apoiados no rock alternativo vingente na época em vez do metal da sua estreia. Entretanto, ficou a lenda de que a banda teria gravado um álbum antes de "Cycles" e os boatos são verdadeiros, aqui está ele.

"Lifetime In Hell" foi gravado nos famosos estúdios Morrisound em Flórida, pelo próprio Jim Moris, em 1991 e é agora finalmente editado com duas novas músicas como brinde, representativas do seu som na actualidade. Para já, o que temos a dizer é que "Lifetime In Hell" envelheceu muito bem. Assombrada e sobrenaturalmente bem. Parece incrível como uma pérola como esta teve tanto tempo guardado na gaveta e como é que não foi lançado na altura - essa ainda não percebi. "Cycles" é um clássico desprezado é certo, mas este bate recordes, porque nem sequer foi lançado para que o pudessemos desprezar, foi desprezado pela própria banda"

Sem as influências mais alternativas da estreia, o que temos aqui é simplesmente o bom do power metal tipicamente norte-americano com algumas piscadelas de olho a sonoridades mais progressivas a lembrar os Queensrÿche (o tema título, "Tomorrow's Child" e "River Runs Black") enquanto outras são mais fortes e mais directas ("Crash & Burn (Idiot's Delight"), "Seizure" e "Johnny"). Mesmo que se diga que este é um trabalho que sofre dos males da falta de maturidade e de consolidação de ideias, não deixa de ser um álbum impressionante de metal (mais ou menos) tradicional. Quanto às novas músicas, "Fall From Grace" e "Suicidal Dawn" mostram que a banda não perdeu o toque e que um eventual terceiro álbum poderá surpreender (ainda mais).


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira