• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Os suecos Dark Funeral, que nos vêm visitar este ano no novo festival de Vagos, são um dos grandes do black metal escandinavo sem terem conseguido bem o sucesso de alguns dos seus compatriotas ou dos vizinhos noruegueses. A sua proposta ortodoxa também não permitiu a uma grande abertura, no entanto, por parte do underground, a sua aceitação também nunca foi generalizada, embora seja apreciável. “The Secrets Of The Black Arts” é um clássico do género e da música extrema em geral na década de noventa, no entanto a banda parece que nunca mais conseguiu atingir esses níveis de intensidades.

Ao entrarmos por "Where Shadows Forever Reign" adentro não temos ilusões de que será aqui esse nível é atingido mas podemos dizer que é um dos álbuns mais fortes da carreira da banda sueca. Após alguma instabilidade a nível de formação, a banda estabilizou e em nada se nota essas mudanças já que o seu black metal mostra-se impiedoso como sempre e, acima de tudo, bem potente. Temos aqui alguns cheirinhos dos velhos tempos principalmente no tema título que nos trazem algumas melodias em tremolo picking memoráveis.

Tendo em conta o nível de indiferença que algumas das propostas nos provocam (isto é, não é considerado bom, nem mau, apenas é sentido como mais um álbum de Dark Funeral) este acaba por ser bem eficaz na forma como agarra o ouvinte e como convida a consequentes audições. Malhas como “Unchain My Soul” que abre o álbum e a “Temple Of Ahriman” são bons exemplos de temas que crescem a cada audição que temos. As aparências vão-se desfazendo e este revela-se um pedaço de música negra que vai sem dúvida agradar a todos os fãs que aguardaram sete longos anos por música nova.


Nota: 8.3/10

Review por Fernando Ferreira