• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


E mais música inesperadamente boa. Já para avisar e espantar o gado, os Switchfoot não tocam metal. E o rock que tocam é daquele que terá dificuldades, bastantes, em agradar ao que gostam do estilo mais tradicional. Ainda assim temos aqui muitos bons momentos de diversão e descontracção. O início do álbum deixa logo isso bem presente. "Holy Water" parece uma espécie de fusão entre trip hope orgânico (isto é, sem elementos electrónicos, embora eles surjam em "If The House Burns Down Tonight", mas sem desvirtuar a sua força) com rock moderno condimentado com funk. E o funk, o groove, ele está sempre presente, seja com o rock, seja com o pop, como a "Float" demonstra.

A dinâmica é a força deste trabalho, que tem tanto material para aqueles que gostam de rock (temos o tema título, que nos traz melodias mais clássicas - e sim, aquilo que se fez na década de noventa já se pode considerar como sendo clássico, principalmente quando vai beber à década de setenta - e a "Healer Of Souls"), como para os que gostam de coisas mais calmas e melódicas, a roçar o pop como a "The Day That I Found God", a bem funk "Bull In A China Shop", que nos remete também para a década de noventa ou ainda a antémica "Hope Is The Anthem".

Ao décimo álbum em vinte anos de carreira demonstra estar bem afinada e inspirada, não demonstrando sinais de cansaço em termos criativos. Podemos alegar que alguns dos momentos aqui contidos surgem demasiado radiofónicos para o seu próprio bem - a "I Won't Let You Go" e "Shake This Feeling" são mesmo descaradas nesse ponto - e que no fundo é um conjunto de músicas que poderiam fazer parte do nosso crescimento e que não fazem sentido nenhum voltar a elas agora. E é neste ponto que ficamos, entre estes dois sentimentos. Por um lado sabemos que tudo aqui está bem feito, e carrega quase sempre nos botões correctos, mas por outro, já ouvimos isto demasiadas vezes na rádio e nem tínhamso muito interesse em ouvir agora outra vez.


Nota: 6/10

Review por Fernando Ferreira