• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


Nos últimos anos tem surgido um conjunto de álbuns que, lenta mas firmemente, têm vindo a mudar o paradigma no cenário do Black Metal. Nightbringer, com o seu último full-lenght “Terra Damnata” conquistam, indubitavelmente, um lugar na lista dos must-listen do mais obscuro subgénero de Metal.

Seria impossível ouvir este álbum e não destacar o quase divinal (se me é permitida tal expressão) uso de mudanças de dinâmicas em cada composição. Tanto somos bombardeados com secções extremas, recheadas de blastbeats e linhas de guitarra caóticas, como de seguida podemos ser surpreendidos por uma envolvência negra, pausada, com toques de Funeral Doom, aparecendo ainda, em certas ocasiões, o mid-tempo do Black Metal mais clássico, podendo-se ouvir o “Slow and Trve” blastbeat em “Inheritor Of A Dying World” e em “Serpent Sun”.

As guitarras destacam-se principalmente pelas suas composições extremamente melancólicas, havendo sempre um jogo simbiótico entre o lead e o rythm (ou duplo lead) que consegue, ao longo de todo o álbum, manter as sensações de dor e melancolia, sem negligenciar as raízes extremas e agressivas do género.

Com isto tudo, consegue sobrar espaço para um baixo que, sempre presente e independente encontra, em partes mais lentas, o momento de conferir um maior groove, como podemos ouvir com maior clareza em “Of The Key And Crossed Bones”. Excelentes linhas, excelente tom.

Em relação à voz e às temáticas líricas abordadas, Naas mantêm-se fiel a si próprio. Os temas filosóficos, de exploração do ego, bem como o ocultismo pagão, assumem uma particular relevância nas suas declamações gritadas.

Condizente com a sua abrangência sonora, podemos também ouvir secções sinfónicas, quer escondendo-se por trás do caos, conferindo uma forte dimensão ambiental à composição, quer sobressaindo-se no mix, com linhas melódicas mais fortes e marcantes.

Como obra-prima do álbum, não poderia deixar de destacar “Let Silence Be His Sacred Name”, que se revela, audição após audição, uma viagem por entre aquilo de melhor que o Black Metal contemporâneo nos tem para oferecer.

Nota: 9/10

Review por Jordi Lopes