• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Inicialmente conhecidos como Riff Cannon, os Summoner, de Boston, lançaram a 12 de Maio o seu terceiro álbum, “Beyond the Realm of Light”.

Sendo também o terceiro disco na Magnetic Eye Records, este álbum mostra uma ligeira mudança na fórmula que os Summoner utilizaram no lançamento anterior. Diminuindo o número de faixas, aumentaram a velocidade e retiraram a maior parte dos elementos de Doom, resultando num álbum mais simples e linear, mas mais energético e catchy.

Lotado de riffs melódicos e viciantes e com um ótimo trabalho no departamento vocal, este álbum é a soundtrack perfeita para uma travessia pelas planícies do deserto norte-americano, enchendo de nostalgia os fãs do movimento do Desert Rock, iniciado por bandas como Kyuss ou Yawning Man.

De facto, a música dos Summoner nesta obra é como uma mistura do som árido e espacial de clássicos como o “Welcome to the Sky Valley”, o Sludge poeirento mas melódico dos Corrosion of Conformity ou Acid Bath e a psicadélica de bandas “retro” atuais como Kadavar ou Graveyard. 

Os Summoner podem não pisar novos territórios com esta obra, mas garantem uma viagem que nunca se torna monótona, repletas de passagens épicas, linhais vocais memoráveis que intensificam o clima criado pelas músicas e “paisagens sonoras” aliciantes, como no caso particular da épica faixa número quatro, a maior de o álbum.

Nota: 8.6/10

Review por Filipe Mendes