• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


O RCA recebeu, no passado dia 5 de Novembro, a única data em solo nacional da tour europeia Only Death Is Real, que trouxe ao velho continente os nova-iorquinos Stray From The Path, auxiliados pelos californianos Capsize e os galegos We Ride.

Pelas 17 horas entram em palco os galegos de Vigo, We Ride, para iniciar as hostilidades, apresentando a maior parte dos temas do novíssimo “Empowering Life”. A carismática Mimi nunca deixou de comunicar com o público presente, quer em castelhano quer num português próximo do galego, mantendo os amantes do hardcore animados, durante os cerca de 40 minutos, em que estiveram em palco. Destaque para a incursão até 2012, com o clássico “Never Lower Your Head”, retirado do LP “On The Edge” e o final do espectáculo com a dupla “Do It All Again” e “Stay Gold”, a provocar muitos aplausos na plateia, que acompanhou sempre a banda.

Após uma curta mudança de material em cima de palco é hora dos californianos Capsize animarem as hostes, que entretanto iam gerando uma moldura humana interessante. Com apenas um álbum gravado, “The Angst In My Veins” de 2014, e diversas músicas espalhadas por diferentes colectâneas, a banda liderada por Daniel Wand manteve a plateia animada, com faixas como o tema título do seu disco, “I Think It’s Best We Don’t Talk Anymore” ou “Fake Love”.

Bastava olhar para o público que estava presente no RCA, nesse fim de tarde frio, para perceber que estavam ali pelos cabeças de cartaz. Os nova-iorquinos Stray From The Path têm vindo a amealhar fãs, um pouco por toda a Europa e Portugal não é excepção. Não é de admirar que logo ao primeiro acorde de “The Opening Move”, uma corrente eléctrica sem libertasse pela sala de Alvalade e até final foi um constante corropio, entre mosh e stage diving. A banda de Long Island trazia na bagagem o novíssimo “Only Death Is Real”, o sétimo disco de originais da banda de metalcore liderada por Andrew Dijorio, que tocaram quase na íntegra. Destaque para “Plead The Fifth”, com uma introdução de Andrew contra a administração americana, e regressos ao passado com “First World Problem Child” ou “D.I.E.P.I.G.” (um ataque da banda aos predadores sexuais) do album “Subliminal Criminals” de 2014, e uma visita a “Anonymous”, de 2013, com o clássico “Badge & A Bullet”.

Texto por Vasco Rodrigues
Agradecimentos: Hellxis