• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Numa nova entrevista sobre a reedição do álbum "Master of Puppets", Lars Ulrich revelou factos musicais curiosos, mais concretamente sobre a faixa "Orion", que parece ter "nascido" do tema “Welcome Home (Sanitarium)”:

"A gravação de discos é uma tarefa muito prática para os Metallica. O que fazemos é ter um riff e outro riff,  e esses dois vão viver juntos. E depois haverá este riff e outros dois riffs , e então outra coisa viverá e são todas estas coisas diferentes que visitamos de certa forma.

"Então, a 'Battery' tornou-se numa música rápida. E então, ao longo de três meses, iremos trabalhar na 'Battery' uma vez por semana. E sempre que voltamos a ela, esperamos levá-la para outro nível, ou aperfeiçoamo-la ou o que quer que seja.

"A dada altura, sentas-te e dizes: 'Espera aí, a parte do meio na 'Battery' não soa tão bem na 'Battery', mas talvez se encaixasse na música número 4.'

"E então moves as partes. Eu acho que a génese da 'Orion' é de alguma maneira a parte do meio do baixo do Cliff Burton com as harmonias e aquelas melodias. E achámos que provavelmente poderia ser uma parte instrumental. E estava ali, presumo, aquele riff principal que está na primeira metade da música. E de alguma forma casámo-las ou o que quer que seja...

"É uma espécie de tentativa e erro e de apenas mover as coisas. E vais em frente com todas essas partes musicais até que se tornam músicas e sentes que já não as podes melhorar. [Risos]

"Chegas a um ponto em que sentes que já não as podes melhorar e depois são tão boas que vão parar ao disco ou parar ao lixo."

A versão "casada", intitulada "Only Thing", pode ser escutada em baixo.


Por: Bruno Porta Nova - 13 Dezembro 17