• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Reviews Mais Recentes

Uada - Cult of the Dying Sun


Occultum - In Nomine Rex Inferni


Monolithe - Nebula Septem


Morag Tong - Last Knell of Om


Haunted - Dayburner


Djevel - Blant Svarte Graner


Raw Decimating Brutality - Era Matarruana


Czort - Czarna Ewangelia


Kinetik - Critical Fallout


Dopethrone - Transcanadian Anger


Abhor - Occulta ReligiO


Refuge - Solitary Men


Sevendust - All I See Is War


Black Fast - Spectre of Ruin


Sleep - The Sciences


Tomb Mold - Manor of Infinite Forms


Taphos - Come Ethereal Somberness


Wrath Sins - The Awakening


Judas Priest - Firepower


Bleeding Through - Love Will Kill All


Ihsahn - Àmr


Alkaloid - Liquid Anatomy


Filii Nigrantium Infernalium - "Fellatrix


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































The Sword vão entrar num hiato

Corte quase fatal no futuro dos The Sword, uma vez que a banda texana anunciou há dias que fará uma pausa, embora tenha lançado ainda em março (...)

Hate Eternal lançam áudio de "Nothingness of Being"

A banda de death metal irá lançar o novo álbum, Upon Desolate Sands, a 26 de outubro através da Season Of Mist. Depois de desvendar (...)

Alterações no alinhamento do Festival Bardoada e Ajcoi

O Festival Bardoada e Ajcoi anunciou a substituição de duas das bandas previamente confirmadas. (...)

Marky Ramone em Portugal no próximo mês

O veterano Marky Ramone tem dois espectáculos marcados para o nosso país, que serão nada mais, nada menos, do que o warm up para o Lisbon Tattoo Rock Fest 2018. (...)

Behemoth lançam nova música "Wolves Ov Siberia"

"Wolves Ov Siberia", o novo vídeo de Behemoth, pode ser visto acima. A música faz parte do próximo álbum da banda, "I Loved You At Your Darkest", (...)


Onze é o total de datas desta Rampage Fest, tour encabeçada pelos nacionais R.A.M.P. Apesar de ter sido uma noite fria a meio da semana, houve ainda algum pessoal de Coimbra a atender à chamada dos RAMP e juntou-se no Salão Brazil para uma grande noite de concertos e camaradagem.

Debunker abriram a noite, tendo sido uma das bandas especialmente convidadas para esta data em Coimbra. Este grupo com a sua sonoridade mais heavy metal tocaram para uma sala fria e quase vazia, no entanto isso não os desmoralizou. O vocalista demonstrou uma grande energia e presença em palco do inicio ao fim, tendo sido capaz de fazer a festa sozinho. Musicalmente são um grupo com potencial, porém necessitam de mais oportunidades como esta. 

Os Blame Zeus foram a banda que se seguiu. Com um som relativamente mais calmo, e uma bela voz feminina, infelizmente não foram muito bem conseguidos em cativar o público. A presença em palco da banda poderia ser mais forte, sendo que também eles tocaram para uma sala muito pouco composta. Os Blame Zeus possuem um som interessante, banda a acompanhar certamente.

Os Equaleft foram o outro grupo especialmente convidado para esta data, tendo sido a grande surpresa da noite. Apesar de desfalcados - um dos guitarristas não pode marcar presença no concerto - a performance destes foi irrepreensível. Estes foram também responsaveis pelos primeiros movimentos na plateia, que até então esteve muito parada e relativamente apática. Foi a estreia da banda portuense em Coimbra, que lançou recentemente um álbum, “Adapt and Survive”, e demonstrou aquilo que de melhor se faz no metal nacional. Foi um excelente espectáculo, que pecou por ter sido demasiado curto, e soube a muito pouco.

Skinning veio a seguir. Apesar da indubitavel qualidade e brutalidade da sua sonoridade, estes falharam em cativar os presentes. O grupo veio apresentar o seu álbum de estreia, “Cerebral Mutilation”, tendo sido uma bujarda de brutalidade ao vivo, tal como o Death Metal deve ser, mas infelizmente, o público não correspondeu como seria esperado, talvez por isso, pareceram um tanto "desenquadrados" relativamente às outras bandas. 

O momento mais aguardado da noite chegou aquando da subida ao palco de RAMP. Estes veteranos do metal nacional regressaram a Coimbra para uma grande descarga de energia, e uma setlist repleta de clássicos. Foram quase duas horas de pura intensidade, com muito movimento no público. A banda por sua vez, cumpriu as altas expectativas da noite e foi incansável do inicio até ao fim. Resta acrescentar que a animação entre concertos ficou a cargo do DJ DemonCrow, uma figura sempre presente nas noites de metal em Coimbra. Que venham mais noites assim!



Texto por Rita Limede
Fotografias por Filipe Gomes
Agradecimentos: Organização