• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Os Creature são um bom exemplo das bandas que pareciam que estavam enterradas no espaço e no tempo até que alguém as decide resgatar. Os casos dividem-se entre aqueles que decidem ressuscitar por si só, aqueles que são ajudados pelas editoras que acham de alguma necessário proceder a essa ressurreição e aqueles em que se dá um misto das duas situações. Depois da reedição em 2003 do primeiro álbum editado em 89, eis que a banda surge para o segundo álbum. Tendo em conta o ritmo de trabalho da banda, é melhor saborear este trabalho porque o terceiro não deve sair antes de 2025. Talvez por essa razão a banda apresenta aqui quase uma hora de duração repartida por quinze músicas, sendo a última, uma versão instrumental da "Don't Believe In Rumors". Dando uso ao preconceito, parece-nos algo exagerado.

O heavy metal que a banda nos apresenta é tradicional, com foco no refrão e nas melodias, tal como qualquer banda de hard'n'heavy que vê nos Iron Maide e Accept uma inspiração ou modelo a seguir. A já mencionada "Don't Believe In Rumors" e o tema título são súmulas perfeitas daquilo ao que a banda vem. Pormenor, parte da formação e acompanhar a voz Marco Clausen, temos mais duas vozes femininas que fazem apenas coros - e dos maus. Não é que Daniela "Danni" Dela Vechia e Susanne "Susi" Fedor sejam um desastre para os ouvidos... pelo menos, um desastre completo. No entanto, ter duas pessoas a tempo inteiro na banda para fazer isto, parece algo exagerado.

As músicas andam todas na mesma toada atrás descrita, abusando de todos os lugares comuns do heavy metal mas não conseguindo com que esse facto funcione a seu favor. Alguns refrões até resultam mas nada que fique gravado na memória, nem nada que se consiga aproximar dos clássicos de heavy metal que fomos coleccionando desde 1970. Ainda assim, existe aqui um sincero amor ao estilo, até quase inocente e ingénuo, que faz falta a muitas bandas de plástico que por aí andam. Não é suficiente para ficar na história mas para entreter o velho fã de heavy metal, farto do som descartável que por aí anda. "Spit" será uma boa banda sonora a esse sentimento.

 
Nota: 6/10

Review por Fernando Ferreira